AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Nascem mais empresas do que aquelas que morrem

O saldo entre as empresas que abrem e as que fecham é positivo, apesar deste ano as insolvências terem voltado a aumentar.

Nascem mais empresas do que aquelas que morrem
Por cada empresa que fecha, abrem cinco

A crise que assolou Portugal empurrou muitas empresas para a insolvência e deixou outras à beira do abismo. No entanto, quando há um período de mudança, surgem também novas oportunidades, novos negócios e novas formas de dar a volta por cima. Neste contexto, é agora notícia que por cada empresa que fecha, há cinco novas empresas a abrir e a tentar a sorte no mercado.

Segundo dados da IGNIOS, só nos primeiros sete meses de 2015 foram criadas 23.992 empresas, “mais 9,9% do que em igual período do ano passado. No acumulado do ano, julho foi o mês menos dinâmico com apenas 2853 empresas constituídas, 10% menos do que em julho passado”.

Estes dados chegam numa altura em que também é sabido que o número de insolvências voltou a aumentar. No entanto, o nascimento de novas empresas está a acontecer de uma forma superior, principalmente devido à existência de novas oportunidades no mercado, como por exemplo no setor do Turismo que “puxa pela criação de novos negócios”.

Segundo notícia avançada, “o crescimento do número de turistas em Portugal, levou a um aumento de 60% no número de empresas destinadas a alojamento (+578 empresas) e de 7,8% nos negócios da restauração (+2211 empresas). O comércio a retalho ainda está, mesmo assim, a liderar com 2990 constituições de empresas, o que se traduz num crescimento de 12,2%”.

Por contraste, este ano já fecharam quase 5 mil empresas, o que reflete mais 2,5% do que em igual período de 2014.