O que deve saber antes de abrir uma conta à ordem

Atenção às contas à ordem. Mesmo nestes produtos há diferenças entre bancos, nomeadamente os custos de manutenção.

O que deve saber antes de abrir uma conta à ordem
As contas à ordem não são todas iguais

Antes de subscrever uma conta à ordem, informe-se sobre as características deste tipo de produtos.


O que é uma conta à ordem?

A conta de depósitos à ordem é um depósito que o banco fica obrigado a restituir a qualquer momento. Recorde-se que o banco não fica obrigado a restituir o dinheiro depositado mas uma quantia de valor equivalente.


Requisitos para abertura de uma conta à ordem

A abertura da conta de depósitos à ordem realiza-se através do preenchimento da ficha de assinaturas que o banco disponibiliza para tal. Esta ficha equivale a um contrato entre duas partes, o banco e o cliente, e neste documento estão incluídos os direitos e obrigações para as partes envolvidas. Em anexo e não menos importantes, surgem as condições gerais de abertura de conta que deve lida cautelosamente pelo cliente. 

Lembre-se, aquando da abertura da conta o banco tem que disponibilizar as condições da conta para que possa ler e avaliar. Para que o contrato se realize o cliente deve possuir Personalidade Jurídica e ser titular de direitos e obrigações.


Movimentos

A conta depósitos à ordem é flexível, sendo os meios de movimentação mais conhecidos o cheque, ordens de pagamento, transferências e cartão de débito. A conta à ordem é ideal para a gestão financeira do dia-a-dia, precisamente pela sua flexibilidade de movimentação, e permite o acesso a outros produtos e serviços que poderá associar.


Custos associados

À excepção de contas à ordem com características especiais, como por exemplo, contas ordenado ou contas jovem, todas as outras possuem têm encargos de manutenção que serão determinados de acordo com o envolvimento comercial ou com a “utilização” da conta à ordem. Também neste tipo de produtos financeiros há que prestar atenção. 

As contas “não são todas iguais” porque os bancos “não são todos iguais”. Uma escolha certa pode fazê-lo poupar alguns euros mensalmente. Esteja atento.


Veja também: