AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Quer saber quanto devia ganhar? O LinkedIn diz-lhe

O LinkedIn lançou uma nova funcionalidade que permite saber qual o salário que cada profissional deveria ganhar.

Quer saber quanto devia ganhar? O LinkedIn diz-lhe
Chama-se LinkedIn Salary e promete ter a resposta

LinkedIn Salary.

Memorize este nome, porque esta será – quase de certeza – uma das funcionalidades do LinkedIn mais usada nos próximos tempos. Sim, porque a sua “missão” passa por dizer se ganha o que deveria ou merecia ganhar, tendo em conta a posição que ocupam (ou que esperam ocupar) e a cidade onde trabalham (ou poderão vir a trabalhar).

Para já a funcionalidade só está disponível nos Estados Unidos da América (EUA), Canadá e Reino Unido, mas a ideia é que se alastre a outros países, já em 2017.

A ideia da nova funcionalidade assenta na comparação de salários em diferentes países, na mesma área profissional. Basicamente, o que esta funcionalidade faz é recolher dados junto dos utilizadores sobre os salários auferidos nas diferentes áreas e/ou posições. Essas informações serão depois cruzadas com outros dados adicionais (como as informações sobre a posição, o local de trabalho, as experiências e/ou habilitações dos profissionais). Analisadas todas as variáveis, o LinkedIn Salary vai determinar um valor salarial justo. A par disto, o LinkedIn Salary pretende ainda dar informações sobre as possibilidades de vir a receber bónus ou aumentos salariais. Será ainda possível saber qual seria o emprego melhor remunerado e qual a disponibilidade de emprego numa área específica em determinada zona.

Mas há que realçar que a nova funcionalidade tem um inconveniente. Os utilizadores que não sejam Premium vão ter que ceder dados sobre os seus vencimentos atuais. Ainda assim, a rede social realça que os dados dos utilizadores estão protegidos, estando garantida a privacidade e segurança desses dados que estarão encriptados e ocultos da página visível dos utilizadores.

Veja também: