16 alimentos que não deve guardar no frigorífico

Há alimentos que não deve guardar no frigorífico. Mas quais? É possível que tenha guardado alguns destes alimentos no frigorífico centenas de vezes sem saber.

16 alimentos que não deve guardar no frigorífico
Pelo menos um deles vai estar erradamente no seu

É comum cometermos erros de armazenamento de alguns alimentos. Mas também é comum acentuarmos esses erros durante as épocas de maior calor. Saiba que alimentos não deve guardar no frigorífico e porquê para não voltar a cair no mesmo erro.


O que deve manter fora do frigorífico


Manjericão

O manjericão é uma planta muito intensa em termos de cheiro. Ora, assim como influencia o sabor dos restantes alimentos do frigorífico, também absorve com muita facilidade os cheiros envolventes. É, por isso mesmo, um alimento que não deve guardar no frigorífico.



Melão e melancia

Sabia que se guardar o melão e a melancia fora do frigorífico os seus antioxidantes naturais vão ser estimulados? O licopeno e o beta-caroteno resistem melhor à temperatura ambiente, pelo menos enquanto o melão e a melancia estão inteiros. Depois de abertos já pode guardar as fatias no frigorífico mas apenas por um curto período de tempo.



Batata

Se guardar as batatas no frigorífico estará a acelerar o processo de transformação do amido da batata em açúcar. Isto retira-lhe sabor. Deve, por isso mesmo, guardá-las num local seco, ligeiramente fresco e com pouca luz. Evite sacos de plástico, já que estes não permitem que a batata seja naturalmente ventilada e isso acelera o processo de apodrecimento.



Mel

Este é outro dos alimentos que não deve guardar no frigorífico mas que nas épocas de maior calor é um erro muito mais comum. A verdade é que mesmo na época de maior calor o mel é um produto que se conserva naturalmente e que só precisa de ser guardado num espaço fresco e seco (como uma despensa) para ter uma durabilidade muito prolongada.

Ao colocá-lo no frigorífico acaba por cristalizar o açúcar e alterar a sua consistência. Se, por outro lado, guarda geleias e compotas no frigorífico depois de serem abertas, saiba que está a proceder da forma correta.



Abacate

Tal como acontece com a banana, só deve guardar um abacate no frigorífico se quiser que este amadureça rapidamente. Se o guardar no frigorífico ainda verde, este vai amadurecer demasiado rápido e ficar com um aspeto escuro e sem sabor.



Tomate

Este é um dos elementos que os portugueses mais guardam no frigorífico. O tomate deve ser guardado juntamente com as restantes frutas, numa fruteira, de cabeça para baixo. Ao guardá-lo no frigorífico está a tornar o tomate farinhento e a tirar-lhe o sabor.



Pão

O pão é um alimento que não deve guardar no frigorífico porque vai ficar com um papo seco e sem sabor algum. Pelo contrário, se achar que não vai consumir o pão todo de uma vez, pondere congelar uma porção.



Conservas

Depois de aberto, nenhum alimento enlatado (sejam patés, atum ou salsichas) deve ser guardado no frio. Quando a lata é aberta rompe-se o verniz e este pode entrar em contacto com o alimento enlatado.

Assim, se quiser guardar alimentos enlatados depois de abertos, faça-o colocando o alimento num recipiente de vidro ou cerâmica e guardando no frigorífico mas apenas por um curto espaço de tempo.



Azeite

Se não quiser ficar com uma espécie de manteiga de azeite, retire imediatamente o azeite do frigorífico. Este erro altera o sabor, a textura e a cor.



Trilogia de frutas

Há uma trilogia que não deve guardar no frigorífico – bananas, pêssegos e ameixas. Se adquirir estes frutos ainda verdes, deixe-os fora do frigorífico até que amadureçam. Só quando já estão maduras deve colocar as bananas no frigorífico.

Por outro lado, as ameixas e os pêssegos devem manter-se na fruteira para que os seus nutrientes e o seu sabor original. No caso destes três frutos, as baixas temperaturas anulam as enzimas responsáveis pelo seu amadurecimento. O resultado? Uma polpa pastosa e uma casca dura.



Café

Depois de confecionado, seja em grão ou em pó, não guarde o café no frigorífico. A verdade é que a composição e a textura do café facilitam a absorção dos odores dos outros alimentos presentes no frigorífico.



Alho e cebolas

Normalmente, nas casas dos portugueses onde são guardadas as cebolas são também guardados os alhos. Se guardar a cebola no frigorífico esta vai apodrecer muito mais rapidamente, graças à humidade. Devem, por isso, ser mantidas num ambiente fresco, seco e escuro – de preferência penduradas. 

Por outro lado, se tiver de guardar uma cebola já cortada e descascada, pode usar o frigorífico mas sempre dentro de um recipiente fechado. O período de tempo recomendado para manter uma cebola descascada no frigorífico é de 24 horas no máximo.

O alho deve ser guardado num local fresco e seco – tudo o que um frigorífico não é. Se guardar o alho no frio este vai ganhar mofo e deixar de ser comestível em muito pouco tempo. Se guardar o alho num recipiente de aço bem fechado na despensa garante que tem um bom alimento durante 2 meses. 

Veja também: