ebook
GUIA DO REGRESSO ÀS AULAS
Prático e Descomplicado
Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
27 Jul, 2021 - 08:55

5 dicas úteis para plantar tomate em casa

Catarina Milheiro

O tomate é um alimento muito importante em todo o mundo, mas de especial relevo na cozinha mediterrânica. Saiba como plantar tomate em casa.

plantar tomate em casa

Se também já pensou em plantar tomate em casa, este artigo é para si! A verdade é que a plantação do tomate tem sido um hábito, não só dos grandes agricultores, como também das pessoas que têm pouco terreno e, às vezes, até mesmo vasos e que gostam de se dedicar a pequenas tarefas agrícolas.

Nas cidades, esta ligação à terra também se faz notar e os tomateiros são plantas que se adequam a culturas domésticas, isto é, podem ser plantados em vasos em varandas.

Hoje em dia, é possível plantar quase tudo em vasos – aliás, é cada vez mais comum vermos as cozinhas decoradas com vasos de manjericão ou salsa e as varandas preenchidas de vasos com os mais diversos alimentos.

Tudo sobre plantar tomate em casa

Quando comemos um alimento retirado da nossa própria horta, o sabor é totalmente diferente, não é assim? Este é precisamente um dos motivos pelos quais as pessoas optam por experimentar plantar tomate em casa – principalmente os mais aventureiros.

Todos nós sabemos que é mais simples quando adquirimos um vaso de manjericão num horto ou numa superfície comercial. No entanto, quando o assunto é a plantação de tomate é necessário estar a par das condições necessárias para a sua sobrevivência e outros aspetos.

Ficou com vontade de plantar tomate em casa? Saiba tudo sobre o assunto.

plantar tomate cereja
1

Escolha o tipo de tomate

O primeiro passo é a escolha do tipo de tomate que vai plantar em sua casa. Há espécies que são ligeiramente maiores e outras que demoram mais ou menos tempo a crescer e maturar.

Para que consiga ter uma noção, o tipo de tomate mais comum plantado em casa é mesmo o coração de boi – aqueles tomates maiores e bastante suculentos, normalmente utilizados para as saladas. No entanto, por se tratar de uma espécie maior, irá precisar de um pedaço de terra ou de um vaso maior também. Além disso, saiba que a colheita deste tipo de tomate é feita entre 60 e 90 dias.

Caso pretenda plantar uma espécie diferente, aconselhamos o tomate redondo – ligeiramente mais arredondado e com um caule pequeno. Adequado para quem não tem muito espaço, pode ser plantado em vasos ou na própria terra (jardim ou terreno). Importa ainda referir que esta espécie demora entre 70 e 80 dias a crescer.

Um dos tipos de tomate mais procurados para plantar em casa é ainda o tomate-cereja. Trata-se de uma espécie com um tamanho muito pequeno, mas com um sabor intenso e menos ácido do que os outros.

Se estiver interessado em plantar tomate-cereja em sua casa, saiba que não precisará de tanto espaço como as outras espécies e conseguirá fazer a sua colheita normalmente entre 65 e 70 dias.

Relativamente ao preço das sementes, varia consoante a espécie e a quantidade pretendida. Ronda normalmente entre 1,50€ a 3€.

2

Esteja a par das condições ideais para o cultivo

Se está a pensar em plantar o tomate num vaso e a refletir se isso é realmente possível, saiba que a resposta é sim! Qualquer uma das espécies não exige um espaço demasiado grande para o cultivo.

É natural que para as espécies maiores, seja necessário um espaço maior. No entanto, o importante é que escolha um vaso adequado à espécie, que lhe confira o espaço necessário para as raízes se desenvolverem. O ideal é escolher um vaso fundo e minimamente largo.

Assim que a escolha do vaso estiver feita, é importante pensar onde o vai colocar para que possa crescer de forma saudável. Para isso, é essencial que:

  • Opte por colocar o vaso encostado a uma parede, por exemplo: vai fazer com que não necessite de estacas para que o tomate cresça;
  • Coloque o vaso num espaço onde impere a luz natural pelo menos 4 horas por dia ( a luminosidade é crucial);
  • O ideal seria colocar o vaso numa varanda ou num jardim. Caso não seja possível poderá colocá-lo perto de uma janela.
  • Regue o vaso com regularidade para que as raízes estejam sempre húmidas;
  • Esteja atento ao clima: lembre-se que o tomate não suporta temperaturas muito frias, sendo que a temperatura ideal para o cultivar é entre 20ºC a 26ºC. No entanto, a partir dos 15ºC já é possível obter ótimos frutos também;
  • Uma boa solução é também criar um género de uma estufa à volta do tomateiro. Desta forma conseguirá mantê-lo mais protegido e nas condições ideais.
tomateiro
3

Escolha um tipo de solo adequado

Quando se trata de plantações em grande escala, normalmente recomenda-se que se cuide do solo pelo menos 5 meses antes do cultivo e sem que tenha havido plantação de outros tipos de alimentos como pimentas, beringela ou batata.

No caso de se tratar do cultivo de tomate num vaso, é extremamente importante que escolha uma terra adequada e que a regue com alguma frequência numa fase inicial. Contudo, esteja atento para que a terra não fique encharcada, visto que poderão surgir pragas e doenças que prejudiquem o tomateiro.

Em geral, um solo fértil fará toda a diferença no desenvolvimento da sua planta.

4

Regue com frequência, mas sem exagerar

Como já referimos, é crucial que regue o seu vaso com alguma frequência – principalmente nas primeiras 6 semanas depois do cultivo da semente.

No entanto, e como em todas as plantas, regar em demasia poderá prejudicar o seu tomateiro. Para que tal não aconteça, o ideal será regar (numa fase inicial) todos os dias logo pela manhã. Caso verifique que a terra começa a ficar demasiado molhada, não o faça com tanta regularidade.

Depois das 6 primeiras semanas, deverá regar o seu vaso cerca de 3 a 4 vezes por semana – é o suficiente para obter tomates deliciosos e suculentos.

5

Plante os seus tomates de forma adequada

Agora que já sabe tudo sobre como plantar tomate em casa, chegou o momento de o colocar em prática. Para tal, é necessário ficar a par de algumas regras na hora do cultivo.

1º passo – Germinação das sementes

Para plantar tomates, em primeiro lugar, é necessário fazer crescer as sementes. Isso pode ser feito diretamente no solo onde vão crescer os tomateiros ou, então, em pequenos vasos. As sementes devem ser colocadas na terra a cerca de 1 cm de profundidade e o solo mantido húmido até começarem a surgir os primeiros pés de tomate. Em termos de luminosidade, os tomateiros preferem locais com muita luz, mas de forma indireta.

2º passo – Plantar os pés de tomate

Depois da germinação das sementes, e quando elas tiverem atingido uma altura de cerca de 15 a 25 cm de altura, pode transplantar os pés para um terreno maior. Ao colocar os pés de tomateiro na terra, pode também cobrir de solo parte do caule para que facilite o surgimento de mais raízes. Normalmente os pés devem ser plantados com um espaçamento de 50cm a 1m entre eles.

Se optar por deixar crescer o tomateiro no vaso onde germinou as sementes – no caso de varandas ou pequenos jardins – é absolutamente necessário que retire os pés mais fracos, deixando apenas um ou dois pés no vaso.

3º passo – Rega e outros cuidados

O solo deve ser mantido sempre húmido e deve receber bastante luminosidade. Como as plantas crescem bastante, devem ser amarrados os caules a uma rede ou cerca, ou em alternativa – e talvez o processo mais usado – usando estacas com pelos menos 1,5 m de altura. Também deve ser retirados os brotos que forem crescendo lateralmente para garantir um crescimento mais linear em altura.

4º passo – Colheita

Dependendo do tipo de tomate que plantou e do uso culinário que lhe pretende dar, a altura da colheita pode variar. Contudo, a colheita deve sempre acontecer entre 9 a 11 semanas após o plantar dos tomates. Quanto mais tarde, mais açúcares o fruto acumula e por isso mais saboroso se torna.

Plantar tomate pode ser não só uma excelente ideia porque terá um fruto delicioso à sua disposição, mas também porque esteticamente a planta tem um colorido bonito e embeleza muito um jardim ou uma varanda. Ademais, não há nada melhor do que consumirmos os alimentos que cultivamos.

Veja também