Como ter um apartamento à prova de bebé

Ter um apartamento à prova de bebé, berreiro e de conflitos com os vizinhos? É possível e nós sabemos como.

Como ter um apartamento à prova de bebé
Saiba o que fazer

Se acabou de receber em casa o seu primeiro recém-nascido, está ainda a perder-se de amores pelo seu bebé mas é muito possível que os seus vizinhos já não aguentem o choro do novo elemento da família a altas horas da madrugada. Mas como ter um apartamento à prova de bebé

Há alguns truques que podem ajudar a ter um apartamento à prova de bebé que não só evitam problemas com os vizinhos como, também, ajudam a que o seu bebé descanse melhor. Ora, se um bebé está relaxado, descansado e em silêncio, os pais estão felizes.
 

3 dicas para ter um apartamento à prova de bebé


1. Afaste tudo das paredes

Não é bem tudo mas quase. Se as paredes do quarto do bebé fazem fronteira com divisões como a cozinha ou a sala, afaste das paredes os equipamentos que façam muito barulho como: máquinas de lavar, frigoríficos, a televisão e até mesmo o liquidificador. 

Alguns eletrodomésticos, como o frigorífico, por exemplo, produzem um zumbido constante que pode ser muito aborrecido para o seu bebé, ainda habituado ao descanso da barriga da mãe. Se não os puder afastar, considere investir em modelos mais silenciosos. O que gasta em novos eletrodomésticos, ganha em descanso e, como bónus, ainda poupa na fatura da eletricidade.

 

2. Aposte no isolamento acústico

Para ter um apartamento à prova de bebé, ou seja, para impedir que o choro do seu filho atravesse as paredes até à cama do vizinho, a melhor solução passa, sem dúvida, pelo isolamento acústico. Um engenheiro acústico pode ajudar a encontrar uma solução à prova de choro para sua casa, no entanto, há algumas formas de isolar uma divisão sem envolver muitos gastos, apostando em elementos que absorvam os sons como:
  • cortinas: quanto mais espesso o material, melhor;
  • madeira: colocar grandes móveis de madeira junto às paredes dos vizinhos ou forrar as paredes;
  • cortiça: forrar as paredes com este material - perfeito para quem quiser um quarto montessoriano;

Também é boa ideia isolar as divisões mais barulhentas para não perturbar o descanso do bebé, como a lavandaria ou a garagem, por exemplo. Se tiver um espaço onde faz trabalhos manuais e usa aparelhos, como berbequins ou máquinas de costura com frequência ou uma divisão onde toca um instrumento como saxofone ou bateria, é importante isolar também estes espaços.

 

3. Contacte um profissional

Num gabinete de engenharia civil encontrará os profissionais certos para definir uma solução de isolamento acústico eficaz, acessível e que combine com a decoração de sua casa para garantir um apartamento à prova de bebé. Se vive num prédio com alguns anos, é certo que o isolamento acústico deixe muito a desejar, por isso, vale a pena algum investimento para longos anos descansados sem incomodar e sem ser incomodado pelos vizinhos.

Por fim, especialmente nas primeiras semanas em que o bebé está em casa, é importante que tenha especial cuidado com o volume não só dos aparelhos como, também, da sua voz e das visitas. Sendo certo que é aconselhado que os pais não se tornem prisioneiros do bebé, ou seja, que este se adapte (dentro do possível) à vida dos pais, também é verdade que o seu filho vem de um ambiente muito seguro, tranquilo e silencioso, logo, há cuidados mínimos a ter. 

Caso contrário, não só está a provocar um sofrimento desnecessário ao seu bebé, como isto se vai traduzir em cólicas, choro, stress, ansiedade e desespero para pais e filhos.
Seguro de Vida com Proteção para Doenças Graves >>
Veja também: