8 bons empregos em part-time

Se necessita de um rendimento extra no final do mês, conheça alguns bons empregos em part-time que pode experimentar.

8 bons empregos em part-time
Um part-time pode ajudá-lo a fazer frente às suas despesas mensais

Alguma vez pensou que os empregos em part-time podem ser uma boa opção para obter rendimento extra no final do mês? Pois bem, independentemente de estar a estudar ou estar empregado (e o aumento tardar em chegar), talvez queira considerar essa possibilidade, seja para fazer face às despesas do dia-a-dia ou para uma extravagância (como uma viagem), por exemplo. E a melhor parte é que nem todos os trabalhos em part-time obedecem a um horário fixo. Alguns até podem ser feitos a partir de sua casa e no horário que quiser. Ora veja.


8 empregos em part-time para um rendimento extra

A situação económica que o país enfrenta não tem facilitado a vida a ninguém. E para a grande maioria das pessoas, por mais que se tente “esticar” o salário ou que se façam todos os “malabarismos” nem sempre é fácil fazer frente às despesas mais básicas. É aqui que os empregos em part-time podem “entrar em cena”. Mesmo que tenha um emprego a tempo inteiro, ou estude, por exemplo, há algumas opções que podem, com apenas algumas horas de trabalho (num horário à sua escolha), ajudá-lo a obter um rendimento extra.

Se vai ser fácil? Não. Conjugar um trabalho a tempo inteiro com um emprego em part-time requer esforço e muita organização.

E antes que se levantem as “vozes do desagrado”, não, ninguém diz que a opção é a ideal, que estes empregos são os melhores “à face da terra”, nem tão pouco que vai enriquecer com estes trabalhos. As opções que lhe apresentamos (já de seguida) são apenas ideias de trabalhos que pode conciliar com os estudos ou trabalho.
 


1. Babysitting

Aqui está uma boa hipótese para quem gosta de crianças (e tem jeito para lidar com elas) ganhar dinheiro sem sair de casa. Certamente tem amigos, familiares ou conhecidos que gostariam de encontrar alguém de confiança que cuidasse dos filhos enquanto aproveitam para jantar ou ir ao cinema, por exemplo. Comece por eles e, se tudo correr bem, eles não tardarão a recomendar os seus serviços de babysitting a outros pais a necessitar de uma pausa. Mas atenção este é um trabalho que exige muita responsabilidade.
 


2. Serviços de Catering

Muitos dos eventos das empresas de catering decorrem ao fim de semana, como é o caso dos casamentos, por exemplo, por isso, se estiver disposto a abdicar desses dois dias (pelo menos alguns), esta pode ser uma boa opção para si. Empregos como empregado de mesa, cozinheiro, copeiro ou bartender, são algumas das possibilidades. Neste caso, pode ser-lhe exigida alguma formação ou experiência na área da restauração, mas o investimento pode dar lucros. Há quem chegue a ganhar 80€ a 100€ por dia! 



3. Explicador

Este não será para todos, apenas para quem tem perfil para dar explicações, para ensinar e, sobretudo, para manter as pessoas a quem está a dar explicações focadas e motivadas. Mas se é o seu caso, pode ser bastante recompensador financeiramente. Só precisa de escolher as disciplinas em que se sente mais à vontade comece a dar explicações a estudantes. Matemática, português, inglês, francês, história, biologia, química, enfim, hipóteses não lhe faltam. Desde que tenha bons conhecimentos só tem que divulgar os seus serviços (no quiosque da sua rua, na padaria habitual, através dos seus familiares e amigos) e definir o horário mais conveniente para si, como aos fins de semana ou ao final da tarde.



4. Freelancer online

Aqui as possibilidades são imensas. O trabalho como freelancer está em alta e abrange as mais variadas áreas de atividade, desde a tradução de conteúdos à criação de logos, edição de imagens ou criação de infográficos, são apenas alguns dos trabalhos que pode encontrar. Além de poder trabalhar em casa,  pode ajustar o horário de trabalho de acordo com os seus horários e rotinas diárias. E a melhor parte é que pode encontrar estes trabalhos à distância de alguns clicks, basta procurar nos sites de trabalho freelance.
 


5. Cake Design

A moda dos bolos decorados veio para ficar. E a verdade é que não falta mercado em termos de quem os compra! Se os bolos forem saborosos, bonitos e a um preço apetecível, o sucesso pode bem estar à porta. Tanto pode apostar numas formações na área, como tentar aprender por si mesma, vendo exemplos na internet e nos livros. Faça um teste: elabore uns bolos para família e amigos e veja se eles comprariam. Depois, é só criar uma boa página de facebook e a publicidade vai-se fazendo.

Atenção: tenha em conta os custos de produção e as horas gastas para ter algum lucro.



6. Workshops

Tem algum conhecimento específico que gostava de partilhar? Yoga, coaching, culinária... As opções são intermináveis. Não faltam locais que alugam os espaços para se ministrar workshops e até ajudam na divulgação do mesmo! Aproveite os seus conhecimentos e partilhe-os. 



7. Respostas a Questionários

Tudo bem que este emprego part-time não é o que lhe vai pagar a comida do dia a dia, mas se conseguir uns bons produtos gratuitos já não é nada mau! Existem vários sites de estudos de mercado que em troca de respostas a inquéritos oferecem um valor simbólico ou enviam gratuitamente o produto alvo do questionário.



8. Dog Walking

O dog walking está a ganhar cada vez mais aficionados. Se, há uns tempos atrás isto era bem mais usual no estrangeiro, agora está a começar a dar que falar em Portugal. Procure famílias que tenham um cão e não tenham tempo para o passear e ofereça os seus serviços. Ponto positivo? Pode passear mais do que um ao mesmo tempo e assim redobrar os seus lucros!



Opções para vários gostos…

Mais uma vez lembramos que não estamos a dizer que estes empregos são os melhores, quem os faz diariamente terá certamente queixas. Mas, afinal, não têm todos queixas a fazer sobre o trabalho? A ideia aqui é apenas dar-lhe algumas possibilidades que pode analisar caso esteja interessado (ou necessite) de aumentar os seus rendimentos e opções não faltam. 

Veja também: