Carros a gasóleo: Ainda compensam?

Antigamente, esta dúvida nem sequer se colocava porque o gasóleo era bem mais barato que a gasolina, o que se revelava compensador para quem fazia muitos quilómetros. Actualmente, com o preço do gasóleo a aproximar-se cada vez mais do preço da gasolina, será que ainda compensa?

Carros a gasóleo: Ainda compensam?
Carro a gasóleo ou gasolina?

Recorde-se que há muitos anos atrás, o gasóleo era o combustível utilizado para trabalhar, pelo que pagava menos imposto e então por isso era mais barato. Recorde-se que era o combustível utilizado pelos carros dos vendedores, dos motoristas, profissões que implicavam uma intensiva utilização automóvel.

 

Se bem se lembra entre 2003 e 2005, o gasóleo custava 0,60€ por litro, enquanto a gasolina já chegava a custar 1€, o que representava uma diferença de quase metade. Hoje em dia, a diferença paira entre os 13, 14 cêntimos. O que é que isto quer dizer? Que o gasóleo encareceu mais que a gasolina?

 

O problema  é que desde 2005 que é obrigatório incorporar uma percentagem de biocombustível no preço do gasóleo, que encarece o produto final em três ou quatro cêntimos. Com a gasolina tal também irá acontecer, mas só a partir de 2015.

 

De acordo com o presidente da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (APETRO), António Comprido, a tecnologia diesel evoluiu bastante, pelo que é um motor sempre mais económico. Além disso, segundo o presidente, um bom ponto de referência para ajudar na decisão é que “para uma pessoa que faça 15 mil quilómetros por ano, é melhor optar pela gasolina, mas quem fizer 30 quilómetros num ano já é melhor escolher um carro a gasóleo”.

 

Tendo em conta a grande diferença de preço de um carro a gasolina para um carro a gasóleo, há que tomar em conta durante quanto tempo está a pensar manter o carro, já que só ao fim de um ano ou dois é que poderá compensar o investimento num carro a gasóleo e começar a poupar em combustivel. Também tudo depende de qual a utilização que pensa dar ao automóvel, se é só para andar na cidade, se vai fazer muitos quilómetros, etc.

 

Só mesmo se estiver a pensar em comprar um carro de luxo é que não precisa colocar esta questão, porque a diferença entre um carro a gasolina e um carro a gasóleo é praticamente nula, ou em alguns modelos até é mais barato o carro a gasóleo.



Veja também: