7 das mais bonitas cascatas de Portugal

A pensar no verão, porque não começar a planear umas escapadinhas para uns mergulhos ou para um piquenique? Conheça 10 das mais belas cascatas de Portugal!

7 das mais bonitas cascatas de Portugal
Alguns dos paraísos escondidos do país

Bem longe da confusão das praias do litoral, há paraísos escondidos que poucos conhecem. Seja para uns belos mergulhos, para relaxar, respirar ar puro ou para um piquenique em família, visite algumas das mais belas cascatas de Portugal. De Norte a Sul, vai ficar surpreendido com os paraísos naturais de água doce do país.

7 das mais bonitas cascatas de Portugal

1. Poço da Gola – Ponte da Barca

A Norte, na freguesia de Lindoso, em Ponte da Barca, no distrito de Viana do Castelo, não poderíamos deixar de referir a cascata de Poço da Gola. De uma beleza natural única, tem duas quedas de água que descem da Serra Amarela e desaguam numa piscina natural. Aqui poderá passar um dia em pleno, descansando embalado pelo burburinho da água.

 

2. Fisgas do Ermelo – Mondim de Basto

Descendo em direção a Vila Real, encontrará, na freguesia de Ermelo, concelho de Mondim de Basto, uma das maiores cascatas de Portugal. As Fisgas de Ermelo, situadas em pleno Parque Natural do Alvão, são formadas pelas águas do Rio Olo.

Aqui não se mergulha, porque as águas são agitadas, mas nas proximidades pode ir a banhos nas lagoas naturais que ali se formam, as chamada “piocas”. Além disso vale a pena percorrer o percurso pedestre que ladeia a cascata das Fisgas do Ermelo, se tiver pernas para andar cerca de 12 km.

 

3. Frecha da Mizarela – Serra da Freita

Localizada na Serra da Freita, entre Vale de Cambra e Arouca, Frecha da Mizarela é considerada uma das mais bonitas cascatas de Portugal, além de ser a mais alta do continente, com 75 metros de altura.

Esta imponente queda de água pode ainda ser admirada a partir do miradouro junto ao lugar da Castanheira. Mas, pode sempre descer pelos trilhos existentes e ver de perto as águas do rio Caima. Aproveite a oportunidade e dê um saltinho ao Arouca Geopark para ver as famosas “pedras parideiras”, autênticos fenómenos.

 

4. Cabreia – Sever do Vouga

Num verdadeiro cenário bucólico, a Cascata da Cabreia, situada na freguesia de Silva Escura, em Sever do Vouga, resulta do encontro das águas do Rio Mau com uma encosta rochosa envolta em vegetação densa. Tem 25 metros de altura.

Nas proximidades, tem uma parque de merendas, onde pode descansar ou fazer um piquenique. É um programa perfeito para um fim-de-semana longe do stress e do caos citadino.

 

5. Fraga da Pena – Serra do Açor

Localizada em plena Mata da Margaraça, na área protegida da Serra do Açor e nas imediações da Aldeia do Xisto de Benfeita, em Arganil, a Fraga da Pena bem que pode ser um excelente mote para conhecer melhor esta belíssima região serrana. A queda de água tem 20 metros de altura e é alimentada pelas águas da Barroca das Degrainhas, forma um cenário idílico na Mata da Margaraça

Propomos que parta à descoberta daquele que é um dos recursos naturais mais valiosos da Serra do Açor, fazendo o percurso pedestre da Fraga da Pena – Pardieiros. Aqui poderá ver de perto a povoação de carvalhos-alvarinho, azereiros, azevinho e castanheiros.

Por falar em Aldeias do Xisto, já ouviu falar do passeio pelas cascatas de Vila de Rei, no Centro Geodésico de Portugal, que tem lugar todos os fim-de-semana do ano? Se é um amante da natureza, não o vai querer perder.

 

6. Pulo do Lobo – Mértola

Já a Sul, no distrito de Beja, poderá apreciar a Cascata Pulo do Lobo, apelidada de “coração do Guadiana”. É considerada uma das maiores cascatas de Portugal a sul do país, descendo por uma escarpa de xisto, a uma altura de cerca de 20 metros. É um dos principais pólos turísticos da região, atraindo milhares de visitantes por ano.

 

7. Pego do Inferno – Tavira

Situada na freguesia de São Estevão, no concelho de Tavira, a cascata do Pego do Inferno é um dos locais mais paradisíacos do sotavento algarvio.

A água que corre da ribeira da Asseca forma uma lagoa de água esverdeada, típica dos países tropicais. Aproveite para dar uns mergulhos e para aproveitar o ar puro desta região algarvia.

 

Veja também: