Comer antes de dormir: sim ou não?

Será que podemos comer antes de dormir ou esse hábito só irá prejudicar a nossa saúde? Ao ler este artigo ficará a conhecer melhor ambos os pontos de vista.

Comer antes de dormir: sim ou não?
É difícil chegar a um consenso sobre o hábito de comer antes de dormir

Devemos comer antes de dormir ou é negativo para a nossa saúde? É difícil dar uma resposta unânime para esta pergunta, pois existe alguma controvérsia sobre este tema. Este artigo aborda os dois pontos de vista, para que perceba em que investigações e argumentos os mesmos se baseiam.

Comer antes de dormir: sim ou não? Eis a questão


Não comer antes de dormir

Apesar de ser impensável para muitas pessoas ir dormir sem fazer uma ceia, já foram feitas investigações que afirmam que este hábito prejudica a saúde, pois o metabolismo continua ativo durante o sono e deveria completar o processo de descanso de forma adequada.

Um estudo recente da Faculdade de Medicina de Perelman da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos, concluiu que se comermos antes de nos deitarmos podemos causar danos à saúde.

O aumento de peso e dos níveis de colesterol, além do aparecimento de diabetes e de problemas cardiovasculares, são alguns dos riscos que esta rotina pode causar.

O referido estudo concluiu também que as pessoas que comem mais cedo produzem uma hormona que ajuda a que as mesmas se sintam saciadas durante mais tempo, o que faz com que não sintam necessidade de ingerir tantos alimentos.

Outros estudos chegaram à conclusão de que comer a horas tardias pode prejudicar a memória, pois afeta as funções cognitivas, e também provoca sonhos confusos e perturbadores ao alterar os padrões de sono. Isto pode ocorrer devido a um possível desconforto gastrointestinal, causado pela ingestão de alimentos em horários irregulares.

Os investigadores afirmaram igualmente que este hábito alimentar pode ainda aumentar o risco de ataques cardíacos, criar refluxo ácido e aumentar a fome no dia seguinte.

nao comer antes de dormir

Comer antes de dormir

Apesar de todos os efeitos negativos descritos acima, causados pelo ato de comer antes de dormir, há também quem defenda a ideia de que comer a horas tardias só faz mal se optarmos por alimentos ricos em gordura e de difícil digestão.

Segundo este ponto de vista, podemos comer a horas tardias desde que saibamos escolher os alimentos certos, pois se forem ingeridas calorias em grande quantidade podemos mesmo aumentar a massa gorda.

Por isso, antes de ir dormir deve comer alimentos leves e de fácil digestão, e que também contenham propriedades calmantes para facilitar o sono, como o abacate, leite com mel, banana com nozes e iogurte com aveia.

Também podem ser ingeridas bebidas com propriedades calmantes, entre elas o sumo de maracujá e os chás de camomila, tília e cidreira, para que tenha uma boa noite de sono. Ao dormir bem irá ajudar no processo de emagrecimento e na recuperação e crescimento muscular.

Alimentos que pode beber ou comer antes de dormir


Água

agua

Deve beber água antes de ir dormir para não interromper a sua noite de sono devido à sede. É importante que o seu corpo receba esta bebida durante o dia para se manter hidratado durante toda a noite.

O recomendado é que se ingira entre 1,6L a 2L por dia, ainda que estas quantidades possam variar de pessoa para pessoa.

Leite morno

leite

Uma vez que o leite contém melatonina, uma hormona que ajuda a criar a necessidade de adormecer, é recomendado que o beba para ter uma boa noite de sono.

Se não quiser beber apenas o leite morno, pode misturá-lo com mel ou então com cereais, pois os hidratos de carbono que os mesmos contêm ajudam o triptofano desta bebida a fazer efeito.

Não deve escolher cereais com uma elevada quantidade de açúcar. Aqueles que são feitos com aveia costumam ser uma boa opção por terem baixo índice glicémico e serem ricos em fibra.

Chocolate quente

Chocolate Quente

Esta é uma bebida muito consumida antes de ir dormir. Mas cuidado com a quantidade de cafeína que a mesma pode conter, pois varia de marca para marca e consoante o modo de preparação.

Se tiver muitas vezes dificuldade em dormir depois de beber chocolate quente, é melhor optar por um chá calmante ou pelo leite morno, por exemplo.

Vinho tinto

vinho tinto

Há especialistas que aconselham a beber um copo de vinho tinto à noite, desde que não se torne num hábito para não originar problemas graves como insónias.

O álcool pode ajudar a adormecer, mas também faz com que se passe menos tempo na fase do sono profundo e que se acorde mais vezes durante a noite. É por isso que o consumo desta bebida à noite não se deve tornar uma rotina.

Banana

banana

Além de conter triptofano, esta fruta é também uma fonte de melatonina, conhecida como a hormona do sono. O facto de ser igualmente uma ótima fonte de potássio e magnésio faz com que o corpo entre num estado sonolento, o que ajuda o relaxamento muscular.

Kiwi

kiwi

O kiwi, rico em antioxidantes, carotenóides e vitaminas C e E, contém também serotonina, a hormona do sono. Esta encontra-se relacionada com a fase de Movimento Rápido dos Olhos (REM), e quando tem baixos níveis pode causar insónias.

Amêndoas

amendoas

As amêndoas são ricas em cálcio e ajudam a acalmar o corpo e a relaxar os músculos. Além disso, o cálcio é muito importante para o cérebro pois ajuda-o a converter o aminoácido triptofano em melatonina, que induz ao sono.

Espinafres

espinafres

Este alimento contém vários nutrientes que causam o sono, o que o torna numa mais valia para quem sofre de insónias.

Comer espinafres antes de ir dormir também ajuda nas sínteses da serotonina e melatonina, pois são uma fonte de triptofano, folato, magnésio e vitaminas B6 e C.

Alimentos que deve evitar antes de ir dormir


Cafeína

cafe

Os níveis de tolerância à cafeína dependem de pessoa para pessoa. Se estiver entre o grupo de indivíduos que ao consumir uma boa dose da mesma antes de dormir sente a sua noite de sono afetada, pois além de poder demorar a adormecer não irá entrar em sono profundo, deve evitá-la.

Já foram realizados estudos que afirmaram que o café pode ter impacto no sono por atrasar o relógio interno.

Álcool

cerveja

A ingestão de bebidas alcoólicas perturba os ciclos de sono em vez de ajudarem a adormecer. Mesmo que o consumidor de álcool tenha uma sensação de sono e possa adormecer mais rápido, vai perder o primeiro ciclo de sono.

Durante uma noite bem dormida devem ocorrer entre seis a sete ciclos de sono, e uma noite de álcool pode reduzi-los apenas para um ou dois. A pessoa pode ainda acordar de um sono profundo para ir à casa de banho, ou mesmo que não costume ressonar pode fazê-lo nessa noite, pois o álcool afeta a respiração.

Comida picante

comida picante

Alguns estudos afirmam que a comida picante pode provocar indigestão e aumentar a temperatura corporal, algo que também afeta a qualidade do sono.

Os referidos estudos chegaram a essa conclusão pois os participantes que ingeriram uma refeição picante demoraram mais a adormecer nessa noite, uma vez que este tipo de comida acelera o metabolismo e isso cria dificuldade para dormir.

Alimentos ricos em gordura

gordura

Este tipo de alimentos levam mais tempo a serem digeridos e podem causar inchaço e indigestão, o que irá reduzir a qualidade do sono.

Açúcar

acucar

Há estudos que afirmam que uma alimentação rica em açúcar não ajuda o sono, pois muitas pessoas com um elevado consumo de açúcar costumam acordar muitas vezes durante a noite.

Apesar de ainda terem sido feitas poucas investigações sobre o açúcar prejudicar a qualidade do sono, sabe-se que ao consumirmos alimentos e bebidas que o contenham temos tendência para sentir mais energia e não vontade de dormir.

Chocolate

chocolate

O chocolate é um dos piores alimentos que se devem comer antes de dormir, por isso, evite as sobremesas que o contêm.

Isto acontece porque o chocolate tem cafeína, o que pode aumentar a excitação e fazer assim com que o corpo não relaxe totalmente e veja diminuída a capacidade de desenvolver e manter fases de sono profundo, o que ocorre no período Movimento Rápido dos Olhos (REM).

Queijo

queijo

Em Inglaterra existe a ideia de que o queijo pode ser responsável pelos pesadelos noturnos quando ingerido à noite, devido às grandes quantidades de triamina que este alimento contém.

No entanto, há vários alimentos que contêm níveis de tiramina próximos aos do queijo e que não parecem afetar o sono, o que levanta dúvidas quanto a esta teoria.

Cebola crua

cebola

Comer cebola crua a horas tardias é uma péssima opção pois pode causar gases e afetar a pressão no estômago. Este alimento também pode causar azia e refluxo.

Veja também:

Cátia Tocha Cátia Tocha

Formada em Ciências da Comunicação pela Universidade Autónoma de Lisboa, onde concluiu Licenciatura e Mestrado, começou o seu percurso como jornalista na Rádio. Hoje, escreve sobre diferentes áreas e tem já alguns anos de experiência na escrita para meios online.