Como poupar na cozinha: 10 dicas muito práticas

Seja a cozinhar ou a limpar, é possível poupar num dos espaços mais importantes da vida familiar. Siga os nossos conselhos sobre como poupar na cozinha.

Como poupar na cozinha: 10 dicas muito práticas
Dicas simples para uma poupança diária

Existem despesas essenciais que não temos como cortar do nosso orçamento. É esse o caso das despesas com a alimentação. É preciso cozinhar, preparar, limpar. Saber como poupar na cozinha é fundamental, visto esta divisão ser o coração de uma casa.

É possível tornar alguns comportamentos mais sustentáveis, para poupar uns euros no orçamento mensal. Comportamentos simples que basta incluir na rotina familiar ou individual. Tome nota destas sugestões, aplicáveis na preparação e confeção de alimentos.

Como poupar na cozinha: onde e como

1. Mantenha a lista de compras organizada e preste atenção aos folhetos

É a sugestão mais básica, a base de tudo. Mantenha um bloco de notas na cozinha ou uma nota no seu telemóvel e atualize-a sempre que necessário. Esteja atento aos folhetos de promoções semanais dos supermercados e às apps dos mesmos.

Hoje em dia, está tudo à distância de um clique para saber em que pode poupar. Quando se justificar, compre as coisas em quantidade (produtos não perecíveis, claro). Aproveite os cartões e os talões, mas tente ir no máximo 1 ou 2 vezes por semana ao supermercado, para evitar tentações. Para produtos frescos necessários diariamente, frequente mercearias locais.

2. Combine o tamanho da panela com o tamanho do disco

Se usar uma panela pequena num disco grande, está a desperdiçar imensa energia com um uso adicional. Preste atenção a este detalhe, até porque, num fogão a gás, se usar um disco demasiado grande para uma panela ou outro recipiente, pode acontecer algum acidente.

cozinhar

3. Cozinhe em quantidade, mas nem sempre

Se não tem o costume de cozinhar em grandes quantidades diariamente, e se não tem por hábito levar marmita para o emprego/escola, tenha atenção às porções cozinhadas. Nutricionistas aconselham a manter as porções de carne e peixe a ¼ de um prato normal. Mas refeições como sopa ou estufados e assados podem ser cozinhados em quantidade, quer para levar na marmita ou para congelar para usar noutro dia.

4. Use a panela de pressão

É provável que tenha uma destas panelas no armário e que ache que é difícil de utilizar. Isso é um mito. Usar a panela de pressão poupa energia.

5. Leve o almoço de casa para o emprego/escola

A famosa marmita é um grande contributo para a manutenção do orçamento familiar. Além de poupar dinheiro ao não comer em restaurantes todos os dias, sabe o que está a comer. Faça escolhas saudáveis.

marmita

6. Sobras

No seguimento da marmita, não desperdice as sobras. Leve-as consigo no dia seguinte ou reaproveite-as para receitas. Sopas, quiches, sandes… As opções são várias. Combata o desperdício alimentar e incuta este hábito de aproveitar as sobras na sua família.

7. Mantenha o tacho fechado enquanto cozinha

Além de o processo de cozinhar ser mais rápido, está a poupar energia. A conta da eletricidade vai refletir esta pequena mudança. Se tiver uma tarifa bi-horária, cozinhe sempre à noite, quando as tarifas também são mais baixas.

8. Preste atenção aos eletrodomésticos

A cozinha deve ser o espaço da casa em que temos mais pequenos e grandes eletrodomésticos consumidores de energia. Mantenha a porta do frigorífico fechada, não esteja constantemente a abrir a porta do forno quando ele está a cozinhar e tente colocar a louça a lavar na máquina num programa económico e durante a noite.

frigorifico

9. Poupe na água

água que usou para cozinhar vegetais pode ser usada para regar plantas, por exemplo. Ou para caldos, que pode guardar para outras receitas.

10. Não descongele alimentos no microondas

É preferível deixá-los descongelar naturalmente, faça um esforço para os retirar do congelador atempadamente. Também não os deixe debaixo de água quente. Poupar na cozinha está nestes pequenos detalhes.

Veja também: