Crowdfunding: O que é e como funciona

Tudo o que precisa saber sobre o crowdfunding. Como funciona o crowdfunding e quais as suas principais vantagens e desvantagens.

Crowdfunding: O que é e como funciona
Tudo o que precisa saber.

Espaços coworking para pequenas empresas e freelancersO crowdfunding está a ganhar preponderância em Portugal e é responsável pela concretização de vários negócios e ideias, nas mais variadas áreas. Desde a cultura até ao meio empresarial, passando por iniciativas de cariz social, o crowdfunding está presente em muitos meios. O desinvestimento na cultura, as dificuldades económicas e a necessidade de contrariar a indisponibilidade da banca financiar projetos, levou muitos empreendedores a recorrer ao crowdfunding. No entanto, apesar das vantagens, o crowdfunding também apresenta contras. Saiba tudo sobre o crowdfunding.

 

O que é o crowdfunding?

O crowdfunding é um sistema simples de financiamento colaborativo, disseminado especialmente pela internet, que consiste numa modalidade de investimento onde várias pessoas, através de doações anónimas, investem pequenas quantias de dinheiro em determinada ideia de negócio ou projeto. O objetivo é “dar vida” à sua ideia, que poderá estar relacionada a um projeto cultural, empresarial ou de carácter social.

 

Como funciona?

Como já mencionado, o crowdfunding é um sistema simples. O empreendedor apresenta o projeto, através de vídeo e/ou texto, indicando, por exemplo, a sua ideia, como a quer executar, a verba mínima que necessita e o período de angariação de fundos. Se no prazo determinado conseguir atingir a verba pretendida, recebe o financiamento para a sua ideia/negócio/projeto. Por outro lado, se não atingir esse valor, os fundos serão devolvidos aos investidores.

 

Vantagens do crowdfunding

  • Terá, logo à partida, uma base de apoio disponível para o financiar e/ou divulgar o projeto, pois, numa primeira fase, pelo menos, os amigos e familiares deverão contribuir com algo e os que não conseguirem, facilmente podem ajudar na divulgação, através das redes sociais;
  • Elimina ou minimiza os riscos associados à criação de empresas e/ou no investimento inerente a novos projetos;
  • Publicação e divulgação online da ideia de forma quase imediata e sem custos (ou praticamente sem custos);
  • Permite qualquer pessoa investir pois mesmo quem tenha pouco capital pode investir pequenos montantes.
 

Desvantagens

  • Nem sempre eficaz em projetos que necessitem de grandes montantes de investimento;
  • Habitualmente as verbas angariadas pelo crowdfunding apenas servem para iniciar o projeto, não o sustenta a médio/longo prazo;
  • Ao expor e apresentar a sua ideia de negócio ou projeto, sem capacidade para a/o efetivar de imediato, corre o risco de ser copiado;
  • Risco de fraude é curto, mas acontece, particularmente nas plataformas que permitem a entrega de fundos sem que o objetivo tenha sido alcançado.
 

Plataformas de crowdfunding



Veja também: