Primeiros dentes do bebé: tudo o que precisa de saber

Os primeiros dentes do bebé podem provocar dores. Saiba o que fazer nestes casos.

Primeiros dentes do bebé: tudo o que precisa de saber
O surgimento da primeira dentição pode ser dolorosa

O nascimento dos primeiros dentes do bebé pode ser uma altura complicada para miúdos mas também para graúdos. Ainda que não exista uma idade certa para o aparecimento do primeiro dente, o mais comum é que isso aconteça entre os quatro e os sete meses de idade. O processo da primeira dentição prolonga-se até aos três anos, altura em que o bebé apresenta 20 dentes.


Quais são os primeiros dentes do bebé?

Os primeiros dentes a aparecerem são os incisivos do maxilar inferior. De seguida surgem os incisivos superiores e entre os 11 e os 12 meses surgem os primeiros molares. Aos 18 meses surgem os caninos e até aos 18 meses aparecem os segundos molares. É nessa altura que o bebé apresenta os primeiros 20 dentes, a chamada “dentição de leite” que acabará por ser substituída pelos dentes definitivos ao longo dos anos seguintes (existem casos em que apenas aos 25 anos foi concluído o processo para o aparecimento da dentição permanente).



O aparecimento dos dentes do bebé provoca dores?

Infelizmente, sim. Este pode ser um processo bastante doloroso para todos os bebés. Esteja atento aos sinais: irritabilidade constante, perda de apetite, produção de saliva acima do normal, rejeição do biberão e gengivas mais vermelhas e inchadas do que o habitual podem ser sinais do que os primeiros dentes do bebé estão prestes a surgir. 

Em alguns casos, esta fase pode ser acompanhada de períodos de febre. Se persistir por mais de dois dias, procure o seu Pediatra para que este problema seja tratado de forma definitiva.

Se o bebé tiver diarreia, vómitos ou manchas na pele também deve procurar a ajuda do Pediatra (só assim é possível despistar as causas e tratar estes problemas).



Como aliviar os sintomas?

Existem várias dicas para ajudar a aliviar as dores do aparecimento dos primeiros dentes:
  • Massaje as gengivas do bebé de forma suave com um dedo limpo;
  • Deixe que o bebé morda um brinquedo de dentição frio (a temperatura mais baixa ajuda a aliviar a dor) – estes brinquedos devem ser preferencialmente de plástico mole para não magoar as gengivas do bebé;
  • Em alguns casos, o uso de analgésicos pode contribuir para diminuir a dor gengival. Nesses casos é sempre importante consultar o Pediatra antes de administrar qualquer tipo de medicamento ao bebé.


Primeiros dentes, primeiras escovagens

Com o aparecimento dos primeiros dentes, é chegada a hora de começar a pensar na higiene oral dos bebés. Os especialistas aconselham a utilização de uma gaze húmida para limpar os dentes e as gengivas do bebé entre duas a três vezes por dia. A partir dos dois anos de idade os pais já podem introduzir a escova de dentes (pequena e macia, de preferência) na higiene oral dos mais novos.  A escovagem diária é essencial para uma boca saudável e não se esqueça: os dentes de leite são tão importantes como os dentes permanentes.

Veja também: