10 incríveis destinos para gap year

Por que não fazer uma pausa após os estudos para conhecer o mundo e pensar bem no que deseja para o futuro? Conheça 10 incríveis destinos para gap year.

10 incríveis destinos para gap year
Uma pausa para conhecer o mundo

É muito comum que, desde pequenos, se estipule um caminho a percorrer: começar a escolher, tirar um curso superior, arranjar um bom emprego, casar e ter filhos. Mas quem disse que temos todos que seguir este caminho estava muito enganado. Por isso, aproveite para viajar e descobrir estes 10 destinos para gap year que lhe apresentamos.

Apesar de não ser muito comum em Portugal, em alguns países do norte da Europa e nos EUA é frequente – e aceitável sem reservas – que um jovem decida tirar um ano para viajar após terminar os estudos. Após quase duas décadas de vida académica, ingressar logo no mundo profissional pode ser demasiado intenso e nem todos os indivíduos estão preparados para isso.

Por muito conhecimento que se tenha adquirido na escola, há coisas que só se aprendem quando as vivemos, locais que apenas percebemos quando os visitamos, histórias que apenas compreendemos quando percorremos as mesmas ruas e respiramos o mesmo ar. Confira, então, alguns dos mais incríveis destinos para gap year.

Vai tirar um ano para viajar? Eis 10 destinos para gap year

Apresentamos 10 destinos para gap year, para que possa viajar, pensar em tudo o que foi a sua vida até ao momento, conhecer novas culturas e, com isso, perceber o que quer para o seu futuro.

1. Peru

peru

O Peru é um país muito acessível em termos de alojamento, comida e bebida, o que é ótimo para quem não tem muito dinheiro para gastar, mas não quer deixar de explorar o mundo.

Faça uma viagem no comboio Andino Explorer, em Cusco, para um passeio panorâmico junto ao Lago Titicaca e à fronteira boliviana, visitar Macchu Pichu, Colca Canyon, a floresta amazónica ou reserve um voo barato numa das muitas companhias aéreas sul-americanas de baixo custo para visitar países vizinhos como o Equador, o Brasil ou a Colômbia.

2. Indonésia

indonesia

Se o seu gap year vai passar pela Indonésia, recomendamos que visite três ilhas incríveis com palmeiras: Gili Trawangan, Gili Meno e Gili Air. Para Sumatra é onde se deve dirigir se tem curiosidade em ver um vulcão de perto e Bali para desfrutar dos resorts de sonho que está habituado a ver nas revistas. Para fugir às multidões e poder desfrutar à vontade do seu ano sabático, dirija-se para Ubud, com os seus campos de arroz verdejantes e vilas tradicionais.

3. Estados Unidos da América

estados unidos da américa

Os EUA têm algo para todos os tipos de viajantes, embora sejam especialmente ideais para aqueles que querem aproveitar o sabático a conhecer novos locais, mas com a possibilidade de arranjar um part-time, nos parques temáticos da Disney ou da Universal Studios, por exemplo.

4. Índia

india

Uma cultura única, tudo muito barato e paisagens incríveis: três aspetos que fazem da Índia um dos melhores destinos para gap year. O Forte Vermelho de Deli é imperdível, bem como o Taj Mahal, que pode ser encontrado em Agra. Aqui, pode fazer coisas incríveis como caminhar pelos sopés dos Himalaias ou relaxar numa plantação de chá em Tamil Nadu, no sul.

5. Coreia do Sul

coreia do sul

A Coreia do Sul revela-se um destino surpreendente para quem quer tirar um ano sabático e partir à aventura. Pelo meio das brilhantes luzes de Seul, encontra uma mistura maravilhosa de alta tecnologia e tradição: um metropolitano sofisticado convive em harmonia com templos antigos e parques cobertos de árvores gigantes. A comida é barata e deliciosa. Que mais pode desejar?

6. Nova Zelândia

nova zelândia

A Nova Zelândia tem um programa fantástico para os anos sabáticos. Se se inscrever no Working Holiday Scheme Visa, pode ser turista e conseguir alguns trabalhos para ajudar a pagar a estadia e as férias. Quando lá chegar deparar-se-á, de imediato, com um problema: o que começar a visitar primeiro?

Este país, que recebeu as filmagens da trilogia “O Senhor dos Anéis” é tão grande quanto incrível e perfeito para os amantes da natureza. A norte, não faltam parques e reservas naturais, geyser, piscinas de lama borbulhante e fontes termais. A sul, encontrará o Parque Nacional Abel Tasman e a Península de Otago, famosa pelas colónias de pinguins.

7. Austrália

Australia

A Austrália é outro destino com mais do que suficiente para satisfazer os apetites do viajante durante um ano. Se tem entre 18 e 30 anos de idade, é relativamente fácil conseguir um visto de férias de 12 meses, embora tenha em mente que, se estiver a considerar procurar trabalho num bar, deverá cumprir o treino de RSA – Serviço Responsável de Álcool.

Entre as cidades da Austrália há voos de baixo custo que permitem descobrir zonas de sonho como Byron Bay, Fraser Island, Great Ocean Road, Melbourne, Sydney e a costa leste entre Sydney e Cairns.

8. Roteiro pela Europa

paris

Se gostaria de explorar as cidades turísticas da Europa Oriental ou sonha passar o inverno a trabalhar numa estância de esqui nos Alpes franceses, a Europa oferece uma ampla gama de experiências para todos os tipos de viajante. Pode também fazer um Interrail e, com isso, descobrir muitos e diferentes países.

9. Tailândia

tailandia

Se gostaria de se voluntariar num santuário de elefantes em Chang Mai ou partir à procura de zonas exóticas, de mochila às costas, a Tailândia é o destino ideal para o seu gap year.

Porém, não subestime as cidades mais importantes, como Banguecoque e Hat Yai que podem parecer assustadoras para começar, mas são ótimos lugares para se orientar e se conectar com outros mochileiros. E pode ainda aproveitar as paradisíacas praias de Phuket e Pattaya.

10. Japão

japão

O Japão não é o mais barato dos países, mas se planeia visitar a Ásia, então dedique umas semanas a este país eclético, futurista e quase de outro mundo. Não terá problema com transportes, com sítios baratos onde dormir (desde que não se importe demasiado em ficar a dormir num local que pode não ter mais que 3 metros quadrados).

Economize dinheiro a comer nos restaurantes da máquina de venda automática do país, que podem ser encontrados na maioria das cidades, mas são especialmente comuns em Osaka e em Tóquio

Parar, respirar, pensar e focar. Tudo isto poderá fazer num destes incríveis destinos para gap year. Parta à aventura!

Veja também: