AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Estágios no estrangeiro: um universo de oportunidades

São muitas as ofertas disponíveis e para várias áreas. Saiba porque se deve candidatar a estágios no estrangeiro.

Estágios no estrangeiro: um universo de oportunidades
Seja para quem procura um primeiro emprego ou um novo desafio, os estágios no estrangeiro são uma boa oportunidade.

As ofertas para estágios no estrangeiro são mais que muitas. Não acredita?! Então faça uma pesquisa rápida na internet e verá que é verdade. Os programas de estágios são variados e abrangem as mais diversas áreas de formação e/ou atividade.
 
Se quer dar o “grito do Ipiranga” e abraçar um novo desafio além-fronteiras ou simplesmente contactar com a realidade de trabalho em outros países, os estágios no estrangeiro podem ser a sua grande oportunidade.
 
Não sabe onde procurar? Ou por onde começar? Relaxe! Nós estamos aqui para o ajudar. 
 

Onde estão?

Bem, ofertas não lhe faltam. O problema pode ser saber qual escolher, mas até para isso há solução: candidate-se a todos os que lhe chamem a atenção.
 
Encontra-los não é difícil. Basta “googlar” a expressão «estágios no estrangeiro» e vai perder-se um mar de resultados. União Europeia, ONU, VidaEdu, Eurodyssée, NATO (entre outros) são apenas alguns dos exemplos de organizações ou instituições onde vai facilmente encontrar diferentes programas e bolsas de estágio disponíveis.
 
Mas há mais. Pense nas grandes empresas internacionais, todas elas têm programas de estágios. Quer exemplos?! Sem problemas. Bosch, Procter&Gamble, Johnson & Johnson, BP, Total, Nestlé, IBM, etc.
 
Um exercício fácil. Pense naquela empresa onde sempre sonhou trabalhar e procure na página institucional pelo separador carreiras. Vai ver que fica surpreendido por ter mesmo ali “à mão de semear” ofertas de estágios.
 
Há claro, programas que lhe garantem todo o apoio burocrático se está a pensar embarcar na aventura dos estágios no estrangeiro. Os mais conhecidos e muito bem-sucedidos são o InovContacto e a AIESEC. Ambos intermediam milhares de estágios por ano. Para concorrer é simples, basta que esteja atento às datas de candidatura e se inscreva. Se preencher os requisitos, em menos que nada pode estar a voar para qualquer ponto do globo.
 

Quais são as vantagens?

A maior e mais clara das vantagens é obviamente o enriquecimento pessoal e profissional. Integrar programas de estágios no estrangeiro é sinónimo de uma experiência multicultural. Durante o período de estágio vai poder contactar uma realidade de trabalho de cariz internacional/global e, acima de tudo, com vivências culturais diferentes. Isto porque na grande maioria dos casos, os grupos de candidatos admitidos tendem a incluir pessoas de nacionalidades distintas, o que lhe permite (por exemplo) desenvolver a sua capacidade de adaptação.
 

E as desvantagens?

Podíamos até falar do facto de estar longe da família e amigos, mas isso era já um dado adquirido na fase de candidatura. A grande desvantagem é mesmo o facto de findo o período de estágio não estar garantido ou assegurado emprego.
 
Mas calma, isso não significa que dando o seu melhor não "caia nas boas graças" de um bom contacto profissional ou que ter no seu Curriculum Vitae uma experiência internacional não seja a porta de entrada para a sua grande oportunidade de emprego. 
 

Para onde ir?

Aqui a escolha é ainda maior. De forma simples, todos os continentes são opção. Há claro, algumas questões a considerar.
 
Não deve ir só por ir. Antes de “dar o salto” pondere com calma as suas opções. Ou seja, pense por exemplo em termos burocráticos: se optar por sair da Europa, isso implica que tenha de obter um visto de entrada e permanência no país de destino; enquanto para estágios dentro da Europa esta questão já não se coloca.
 

Um risco que vale a pena correr

Regra fundamental: a sua escolha deve basear-se sempre nos seus objetivos profissionais. Pense no rumo que quer dar à sua carreira e quais os estágios no estrangeiro que, para si, teriam mais impacto em termos profissionais. 
 
Independentemente do destino ou tempo de estágio, siga apenas por uma "lei": aproveite ao máximo essa oportunidade e evolua a nível pessoal e profissional. Desenvolva as suas competências técnicas e enriqueça a sua personalidade. 
 
Vai ver que não se arrepende.
 
Veja também: