Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
28 Nov, 2019 - 11:08
Estágios no estrangeiro

Estágios no estrangeiro: aspetos a ter em consideração

Catarina Milheiro

Ter experiência é fundamental e são muitas as ofertas disponíveis e para várias áreas de estágios no estrangeiro. Saiba tudo.

O artigo continua após o anúncio

As ofertas para estágios no estrangeiro são muitas e, se não acredita, basta que faça uma pequena pesquisa rápida na Internet pelo tema. Verá que encontra mil e uma oportunidades de estágio nas mais diversas áreas.

A verdade é que o estágio é sempre uma experiência de extrema importância para o desenvolvimento da carreira profissional de qualquer pessoa. Por isso, é essencial que compreenda que o estágio é diferente de um emprego tradicional.

Quando os estudantes optam por realizar um estágio, seja ele de que tipo for, estão automaticamente a ganhar competências, conhecimento e experiências práticas em relação a tudo aquilo que estudaram teoricamente na universidade.

Além disto, o estágio pode ainda servir como uma confirmação das suas próprias escolhas. Ou seja, quando inicia o seu primeiro contacto com o mundo de trabalho através de um estágio, pode perceber se as suas expectativas em relação à sua área de formação correspondem àquilo que tem que fazer na prática.

Muitas empresas oferecem ainda um plano de carreira que permite ao estagiário que conseguir obter bons resultados para o negócio em questão, entrar na empresa como um funcionário tradicional.

E mesmo que o estágio não garanta um emprego fixo no futuro, é importante aproveitar essa oportunidade para aprender com profissionais experientes, com quem lida diariamente e que o ajudam a crescer em todos os níveis.

ESTÁGIOS NO ESTRANGEIRO: QUAL A SUA IMPORTÂNCIA?

estagiária e mentora

Os estágios no estrangeiro são uma ambição para muitos jovens estudantes que estão a poucos meses de acabar a sua licenciatura. A verdade é que são cada vez mais os estudantes que optam por realizar o seu primeiro contacto com o mundo de trabalho num país estrangeiro.

Os motivos que levam os jovens a fazê-lo podem ser vários: ou porque já têm pré-definida essa ideia nos seus objetivos, porque nunca tiveram a oportunidade de realizar uma experiência de trabalho no estrangeiro ou até mesmo porque já fizeram o programa Erasmus e desejam continuar o seu percurso profissional numa empresa fora de Portugal.

O artigo continua após o anúncio

Mas mais importante do que estarmos a par dos motivos que levam os jovens estudantes a realizar estágios no estrangeiro, é percebermos qual é realmente a sua importância.

Pense connosco: se estudar no estrangeiro já é uma experiência que por si só melhora o currículo, imagine os benefícios extra de incluir um estágio no estrangeiro no seu CV. De um modo geral, estará a juntar a teoria à prática.

Todos sabemos que ter experiência é fundamental para conseguir entrar naquela empresa com que sempre sonhamos e a verdade é que sem termos prática, pode tornar-se mais difícil conseguir um emprego.

Por isso, fizemos uma listagem com 5 motivos pelos quais é importante aproveitar esta oportunidade. Tome nota.

Empregabilidade

A prática e a experiência adquiridas através de um estágio são sempre consideradas como grandes vantagens no seu currículo.

A realização de estágios no estrangeiro permite provar ao recrutador que não tem medo de arriscar e que é perfeitamente capaz de se adaptar a um ambiente diferente.

Funciona como um teste em relação a vários aspetos pessoais e profissionais

Ninguém consegue ter a certeza se está realmente preparado em termos académicos, até ao momento em que começar a praticar todos os conceitos que aprendeu.

Um estágio, no geral, funciona como um verdadeiro teste: permite que faça uma autoavaliação do seu desempenho e dos conhecimentos adquiridos. Além disso, se é daquelas pessoas que tem dificuldade em sair da sua zona de conforto, a experiência de trabalhar fora do seu país pode mudar a sua vida.

O artigo continua após o anúncio

Para além disso, a realização desse estágio pode ser um fator diferenciador no momento que se candidata a ofertas de emprego.

reunião de início dos estágios profissionais
Veja também Estágios profissionais: tudo o que deve saber

Contactos

Ao contrário do que possa pensar, não é só num emprego fixo e tradicional que se fazem contactos e que se cria a sua própria rede de contactos.

Qualquer tipo de estágio funciona como um primeiro contacto com o mundo de trabalho e, por isso mesmo, é extremamente importante que o estagiário consiga aumentar a sua rede de contactos profissionais nas mais diversas áreas.

Quando opta por fazer um estágio no estrangeiro, está a fazer os seus primeiros contactos com profissionais de outros países, algo que lhe poderá dar alguma vantagem na corrida a um emprego tradicional.

O importante é mesmo mostrar o seu valor e começar desde cedo a construir a sua própria reputação perante o mercado de trabalho.

estagiários

Idioma

É óbvio que se já teve oportunidade de realizar qualquer outro tipo de experiência no estrangeiro, como, por exemplo, estudar fora, é natural que já tenha obtido alguns conhecimentos linguísticos teóricos.

No entanto, através da realização de um estágio no estrangeiro terá oportunidade de melhorar a sua proficiência e para aplicar os conhecimentos estrangeiros em ambiente profissional. Afinal, qual é a empresa que hoje em dia não tem contacto diário com clientes de diversos países?

É sempre uma mais valia saber dominar outros idiomas no que diz respeito ao mundo de trabalho.

O artigo continua após o anúncio

Novas perspetivas

É extremamente importante que dê o seu melhor no estágio. Lembre-se que independentemente de estar somente a realizar um estágio no estrangeiro por alguns meses, esta pode ser uma excelente oportunidade para abrir outras portas na sua carreira.

Se sempre pensou em trabalhar noutro país e se não tem medo de arriscar, os estágios no estrangeiro são claramente uma ótima opção, pois a empresa onde realiza o estágio ficará para sempre com os seus dados e o seu CV, podendo, por isso, querer recrutá-lo a qualquer momento, convidá-lo para um projeto ou até enviar referências suas para outra empresa.

ONDE PODE ENCONTRAR ESTÁGIOS NO ESTRANGEIRO

Uma coisa é certa, ofertas não lhe faltam. O problema pode ser saber qual escolher, mas até para isso há solução: candidate-se a todos os que lhe chamem a atenção e lhe pareçam interessantes.

Encontrá-los também não é difícil. Basta pesquisar a expressão ”estágios no estrangeiro” e vai perder-se um mar de resultados.

União Europeia, ONU, VidaEdu, Estagiar.pt, Eurodyssée, NATO (entre outros) são apenas alguns dos exemplos de organizações ou instituições onde vai facilmente encontrar diferentes programas e bolsas de estágio disponíveis.

Mas há mais. Pense nas grandes empresas internacionais, todas elas têm programas de estágios. Precisa de exemplos? Sem problema: Bosch, Procter&Gamble, Johnson & Johnson, BP, Nestlé, IBM, etc.

Para o ajudar, basta que pense naquela empresa onde sempre sonhou trabalhar e que procure na página institucional pelo separador carreiras.

Há, claro, programas que lhe garantem todo o apoio burocrático se está a pensar embarcar na aventura dos estágios no estrangeiro. Os mais conhecidos e muito bem-sucedidos são o Inov Contacto e a AIESEC.

Ambos intermediam milhares de estágios por ano. Para concorrer é simples, basta que esteja atento às datas de candidatura e se inscreva. Se preencher os requisitos, em menos que nada pode estar a voar para qualquer ponto do globo.

Veja também