Horário de Verão: ajude o seu filho na adaptação à mudança

Sim, a Primavera está à porta e, no próximo dia 26 de Março, os relógios adiantam-se uma hora, ou seja, na manhã de domingo, às 7 da manhã passam a ser 8.

Horário de Verão: ajude o seu filho na adaptação à mudança
A hora vai mudar!

Apesar da perspectiva de dormir menos uma hora, esta mudança de horário costuma agradar muito aos pais de crianças especialmente madrugadoras! Assim, o “doloroso” despertar das 6 e meia da manhã, muito comum nos bebés, passa a acontecer às 7 e meia. Uma maravilha, quase soa a férias!

No entanto, para quem tem crianças mais crescidas, por volta dos 3 anos, uma vez que a luminosidade ao final do dia se mantém durante mais tempo, pode tornar-se mais difícil convencê-las de que é hora de deitar. Daqui a um mês ou dois, facilmente surge o argumento de que a noite ainda não caiu em pleno e, por isso, vêem-se no direito de brincar mais um pouco.

Preparar com algum tempo esta mudança horária pode ser benéfico e evitar birras na hora do descanso. Aqui ficam algumas dicas.

Dicas para adaptar o seu filho à mudança de horário

Conheça o seu filho

O seu filho é particularmente sensível quando está demasiado tempo acordado? Demonstra facilmente irritabilidade de cada vez que se desviam da rotina diária? Quando “salta” uma sesta, o seu comportamento altera-se bastante? Se sim, já sabe que o ajuste à mudança de hora deve fazer-se lentamente e com alguma antecedência (começando já na terça ou quarta-feira!).

Se tem em casa uma criança que se deixa levar, que se adapta facilmente a alterações de horários e que consegue compensá-las sem esforço, não precisa de se preocupar em antecipar a mudança de hora.

horário

Use a luz como aliada

O sono regula-se naturalmente através do ciclo circadiano (conhecido como “relógio biológico”) e este, por seu lado, é sensível aos períodos em que o corpo está exposto à luz e à escuridão.

Assim, pode ajudar a acertar o relógio biológico do seu filho se, pela manhã, deixar entrar a luz natural no quarto. Basta abrir umas quatro ou cinco filas de frestas da persiana para que o sol inunde rapidamente o quarto pela manhã e facilite um despertar natural.

Por outro lado, começa a escurecer mais tarde, daí que na hora de deitar o quarto deve estar bem escuro. Por isso, mantenha as persianas fechadas. Abra-as apenas de manhã, quando for hora de acordar as crianças.

Escolha a abordagem correcta

Tem duas opções em mãos para fazer o ajuste da hora:

  1. Rápida e indolor – Na noite de sábado, deite o seu filho meia hora mais cedo e durante o dia de domingo, já pela hora nova, inicie as rotinas (alimentação e sestas) meia hora mais tarde. Na segunda-feira, tudo volta ao horário normal e já está. Esta abordagem é adequada para bebés que se adaptam com facilidade a mudanças e a crianças a partir dos 3 anos.
  2. Suave e gradual – Na próxima terça-feira antecipe em 15 minutos toda a rotina da criança e repita o processo nos dias seguintes. Assim, quando chegar a domingo, o seu filho vai acordar naturalmente à “hora nova”, sem stress, birras e exaustão. Este método adequa-se a crianças sensíveis à questão do sono, que ficam muito ansiosas e irritadas com o acumular de cansaço.

A importância dos detalhes

Seja paciente e prepare-se para que o seu filho ofereça alguma resistência na hora de deitar. Numa semana, o mais tardar, tudo regressa à normalidade. No domingo, saia de casa com a família e mantenha as crianças activas durante a manhã e ofereça actividades mais descontraídas à tarde. Aproveite e durma a sesta depois do almoço em família.

Veja também:

Continuar a Ler
Verina Fernandes Verina Fernandes

Verina Fernandes é Consultora de sono materno-infantil, certificada pelo International Maternity and Parenting Institute (IMPI). Mestre em Ciências Farmacêuticas, mãe e mentora de Sono de Sonho, ajuda diariamente grávidas, pais, bebés e crianças a adquirir bons comportamentos de sono, para um dia-a-dia mais feliz, pleno e tranquilo.