Publicidade:

7 aspetos a considerar quando procura um lar de idosos

Saiba o que deve ter em consideração quando procura um lar de idosos: das pessoas à qualidade de serviços, sem esquecer o cumprimento da legislação.

7 aspetos a considerar quando procura um lar de idosos
Afetos e boas condições do lar são essenciais

A escolha de um lar de idosos deve ser feita com muito cuidado para que o dia-a-dia nessa instituição corresponda, se possível, às expectativas e necessidades de quem o procura ou dele necessita.

O que considerar quando procura um lar de idosos

1. Pessoas e qualidade do serviço

Falamos, claro, em tentar conhecer a dedicação das pessoas que lá trabalham, a sua disponibilidade, os afetos e a qualidade dos serviços que prestam. Por isso, peça referências a familiares, amigos ou colegas de trabalho que conheçam o local e, preferencialmente, ouça a opinião de alguém que lá resida. Faça também uma visita aos vários locais: observe as pessoas, os espaços, fique atento a todos os pormenores.

Tente igualmente saber se os funcionários são em número suficiente, se são qualificados para as funções que desempenham e se o lar cobre todo o tipo de necessidades: cuidados médicos e de enfermagem, acompanhamento a consultas no exterior, entre outras.

idoso no lar

2. Orçamento

Infelizmente, este é mesmo um aspeto que tem de ter em atenção, porque, independentemente de se tratar de um lar público ou privado, implicará o pagamento de uma mensalidade.

Geralmente, os lares públicos são mais baratos, mas pode ter que esperar por uma vaga. Por isso, avalie os seus recursos económicos e as necessidades reais do utente e decida em conformidade.

3. Localização

Este é outro item importante a ponderar, uma vez que se a pessoa for para um lar próximo do local onde sempre residiu poderá ter por perto família, amigos e conhecidos, algo que ajudará na mudança. Por outro lado, facilitará as visitas.

Dependendo das características e necessidades do idoso, poderá fazer sentido um lar próximo de locais de compras e cafés, de transportes públicos ou centros de saúde ou hospital.

4. Higiene, alimentação, segurança e conforto

Vai querer, com certeza, que o lar de idosos reúna condições imprescindíveis a um bom acolhimento. Por isso, quando for visitar os locais em causa, esteja atento a todos os pormenores (limpeza dos quartos, casas de banho, zona de refeições) e faça muitas perguntas. Tire todas as dúvidas e avalie as condições de higiene, alimentação, segurança e conforto.

5. Cumprimento de legislação e regras

Confirme se o lar cumpre a legislação aplicável, isto é, se tem alvará de funcionamento, se existe um regulamento interno em que constem as condições de admissão dos idosos, o preçário de todos os serviços, as condições de acesso a outros serviços que não estejam incluídos na mensalidade, os horários das refeições, das visitas, das entradas e saídas dos utentes, bem com outras regras de funcionamento.

apoio idosos

6. Contrato

Depois de escolher um lar, faça uma leitura atenta do contrato. Se tiver dúvidas, peça a ajuda de profissionais fora da instituição. Não assine se algo lhe parecer errado ou omisso no que diz respeito a condições e pagamento.

7. Ambiente e atividades

Nas visitas aos potenciais lares, aproveite para ver o ambiente, a forma como os funcionários e os utentes se relacionam, se estão ocupados e alegres, por exemplo, e questione sobre o tipo de atividades que desenvolvem dentro e fora da instituição. Se existem animadores socioculturais, aulas de música e desporto, saídas para eventos vários, etc.

Tratando-se de uma opção pessoal ou da família, ao procurar um lar de idosos lembre-se de que o local escolhido será um novo lar e, por isso, é conveniente que seja o mais acolhedor e agradável possível. Mas não se esqueça dos afetos e das visitas regulares, sempre importantes em qualquer idade e condição!

Veja também: