Publicidade:

Vai fazer mestrado? Prós e contras de fazer tese ou estágio

Considerado um percurso formativo teórico, o mestrado oferece hoje a possibilidade de fazer estágio em vez da tese. O que escolher?

Vai fazer mestrado? Prós e contras de fazer tese ou estágio
Mestrado: tese ou estágio?

Sabia que muitos cursos de mestrado oferecem atualmente a possibilidade de escolher entre realizar uma tese ou estágio? Saiba qual escolher e porquê.

Mestrado: tese ou estágio?


Atualmente, em Portugal, o mestrado é encarado como um prolongamento natural da licenciatura e ganhou uma importância completamente nova após ter sido implementado o processo de Bolonha.

Anteriormente acessível a poucos, hoje em dia o mestrado é visto por muitas pessoas e empresas como obrigatório para poder exercer uma profissão com rigor e qualidade.

Assim, a frequência de um curso de mestrado constitui cada vez mais uma opção para os estudantes que terminam a licenciatura e desejam valorizar as suas competências e enriquecer a sua formação antes de se lançarem no mercado de trabalho.

estagio

Qual a diferença entre uma tese de mestrado e um estágio?

A tese de mestrado consiste na realização de um trabalho de investigação que leva à preparação de uma dissertação de cariz científico sobre um tema da área de conhecimento do curso.

A tese assume-se como uma prova de capacidade científica do mestrando, formalizada no fim do terceiro semestre escolar.

O trabalho de investigação deve ser munido de um caráter teórico e/ou experimental, incentivando o aluno a resolver problemas em situações novas saindo da sua zona de conforto.

Este trabalho é feito através da seleção e recolha criteriosa de informação e bibliografia adequadas, da adoção de metodologias de abordagem apropriadas, da concepção de uma solução para o problema proposto e respectiva implementação, assim como da análise crítica dos resultados.

Com uma tese de mestrado, o aluno “prova” que é um especialista no tema a que se propôs dissertar, além de demonstrar que os conhecimentos adquiridos se situam já na fronteira da área em que se insere.

estagio

Se o aluno de mestrado optar por realizar um estágio curricular, o seu intuito será complementar a formação académica adquirida no curso de mestrado, através da integração no exercício de uma atividade profissional ou no desenvolvimento de atividades em empresas ou organizações que podem proporcionar um contacto real com o mundo laboral.

Desta forma, o estágio permite ao aluno aplicar conhecimentos e competências teórico-práticas, ensaiar metodologias e práticas profissionais ajustadas ao mercado do trabalho e promover a sua mais rápida integração no mercado, findo o curso de mestrado.

Tese ou relatório de estágio?

No entanto, apesar da maior carga prática do estágio em relação à tese, o aluno de estágio não escapará à necessidade de entregar um relatório escrito sobre o mesmo. Esse relatório será fulcral para a sua avaliação e nele constam as atividades desenvolvidas, os objetivos atingidos, o planeamento das tarefas e uma reflexão crítica global acerca das condições de realização do estágio e da sua relevância para a formação.

Procedimento para seleção da opção de estágio ou de tese de mestrado

Normalmente o procedimento é o seguinte: o candidato à obtenção ao grau de Mestre deverá dirigir uma carta ao Presidente do Conselho Científico da instituição de ensino superior à qual pertence, da qual conste a sua intenção de apresentar uma dissertação ou trabalho de projecto originais, ou de realizar um estágio de natureza profissional, bem como o respectivo tema, plano e carta de aceitação do(s) orientador(es) de tese ou de estágio.

Veja também: