6 razões evidentes para não confiar no chefe

O seu instinto diz-lhe para não confiar no chefe? Conheça os sinais que o devem deixar alerta.

6 razões evidentes para não confiar no chefe
Esteja atento aos sinais e evite conflitos

Um bom ambiente de trabalho é essencial para o seu bem-estar físico e psicológico. Mas, por vezes, o melhor é não confiar no chefe (ou nos colegas de trabalho). Esteja atento aos sinais: poderá estar a chegar a altura para procurar novos desafios profissionais.


6 motivos claros para não confiar no chefe



1. Não está disponível para ouvi-lo

Se o seu chefe não está disponível para ouvi-lo a si e aos seus colegas e para partilhar consigo informações vitais para o bom desempenho das suas funções, o mais provável é que não consiga confiar no seu chefe.



2. Fica com o mérito do seu trabalho

Típico exemplo de um mau líder. O melhor é não confiar no chefe que recolhe os “louros” do trabalho dos funcionários – este chefe não terá qualquer problema em colocar em causa o esforço e posto de trabalho dos funcionários se isso for benéfico para o seu cargo. Este tipo de atitude mina qualquer sentimento de confiança e respeito dentro de uma equipa e, a longo prazo, coloca em risco o bom funcionamento da empresa.



3. Não explica as suas decisões

Como em qualquer estrutura empresarial, nem todas as decisões estratégicas são passadas a todas as equipas laborais. Ainda assim, o seu chefe deve responder com a maior clareza possível às suas questões, sem colocar em causa as tomadas de posição alicerçadas pela Administração. A partir do momento em que as tarefas atribuídas, reuniões e todas as outras questões relativas ao funcionamento da empresa não são explicadas, o sentimento de desconfiança começa a ganhar força.
 


4. Não o considera para uma promoção

Se acha que está na altura de discutir o seu futuro no seio da empresa e se a chefia atribui uma promoção a outro funcionário, ainda que o seu perfil seja o mais indicado para o cargo, o sinal é claro e evidente: não pode confiar no seu chefe.



5. Muda constante de opinião

Nunca sabe com o que pode contar em contexto laborar? Se a resposta é afirmativa, então aqui tem um bom motivo para não confiar no chefe. Não há nada mais frustrante do que trabalhar para um objetivo que, afinal de contas, “não é bem assim”. Esta mudança constante de direção pode criar conflitos internos e perdas brutais nos níveis de produtividade. Mas não se esqueça: este pode ser mais um sinal de que o problema não é seu – pode estar perante um mau líder.



6. Tem baixa auto-estima

Um bom líder está confiante no seu trabalho e está disponível para ouvir e orientar os seus funcionários. Mas se o seu chefe tem baixa auto-estima, o mais provável é discutir à conta de qualquer pormenor e de considerar qualquer bom trabalhador como uma ameaça ao seu posto de trabalho. Tenha atenção aos sinais: a melhor tática é não confiar no chefe.
 


“Não confio no meu chefe. E agora?”

Se cumpre com os seus objetivos de forma exemplar e sabe que tem uma conduta profissional exímia, fale com o seu chefe. Exponha as suas preocupações de forma educada e clara para tentar resolver todas as questões e, assim, ajudar a cimentar um bom ambiente de trabalho. Se mesmo assim nada resulta, o melhor é procurar um novo emprego.

Veja também:

Continuar a Ler