Catarina Milheiro
Catarina Milheiro
30 Nov, 2021 - 08:20

Tenho um bom ou mau chefe? Descubra as diferenças.

Catarina Milheiro

Se a questão “tenho um bom ou mau chefe” também lhe passa muitas vezes pela cabeça, fique connosco e tire as suas próprias conclusões.

tenho um bom ou mau chefe

Responder a questões como “tenho um bom ou mau chefe?”, “o que é um bom chefe?” ou “qual a diferença entre chefe e líder?”, pode não ser fácil. Principalmente se fica com um nó no estômago sempre que tem de ir falar com o seu chefe.

No fundo, todos nós sabemos que queremos que a pessoa que nos chefia seja confiante, competente, empática e que saiba agir rapidamente para que sejam tomadas determinadas decisões. Por outro lado, não gostamos de chefes arrogantes e que não aceitam opiniões construtivas ou sugestões.

Se tiver um mau chefe, por exemplo, o mais provável é isso ter um impacto negativo no desenvolvimento da sua carreira e até mesmo na sua vida pessoal.

Afinal, este é um tipo de pessoa que cria problemas, é complicado e torna o ambiente de trabalho bastante pesado. O que acontece é que o profissional entra neste mesmo registo e acaba por se criar uma bola de neve.

Já um bom chefe é aquele capaz de o motivar e de o fazer dar o seu melhor, demonstrando o seu verdadeiro potencial. Quer tirar as dúvidas? Então espreite estas caraterísticas que os definem.

7 CARACTERÍSTICAS DE UM MAU CHEFE

liderança inclusiva e positiva
1

Nunca assume os erros

Se o seu chefe não admite os seus erros é sinal que não está preparado para chefiar. Admitir falhas é meio caminho andado para que o ambiente de trabalho seja positivo e para que os empregados percebam que podem correr riscos e inovar, sem medo.

2

Culpa os trabalhadores pelos erros

Se o seu chefe é o primeiro a apontar o dedo quando há a mais pequena falha, mas nunca lhe dá um incentivo quando um projeto corre bem e traz benefícios à empresa, então está perante um mau chefe.

3

Mente

A mentira não é uma boa base para a construção de uma boa relação, seja no trabalho ou noutro qualquer campo da sua vida. Se apanhar o seu chefe a mentir é normal que perca a confiança nele.

4

Não quer ouvir as suas opiniões

Até pode não as levar em conta nem colocar as suas ideias em prática, mas um bom chefe vai ouvir as suas opiniões. Quando este não o faz e só leva em conta as suas próprias ideias corre o risco de ficar isolado e criar mau ambiente de trabalho.

5

Tem funcionários favoritos

Um chefe até pode ter mais simpatia ou empatia com um ou outro funcionário, mas não deve deixar isso passar para o ambiente profissional. Se trata os funcionários de forma desigual e beneficia alguns só porque sim, então não é um bom chefe.

6

Tem mais direitos do que os trabalhadores

Sabemos que em alguns casos, os chefes têm acesso a algumas regalias como um lugar privativo de estacionamento, uma sala de trabalho só para os próprios ou flexibilidade nos horários até.

No entanto, regalias e direitos são coisas distintas. Um chefe que passa o dia a referir que tem o direito de mandar calar certos trabalhadores ou o direito de o mal tratar, não é de todo um bom chefe.

7

Critica sem ajudar a corrigir os erros

Se há alguma coisa pior do que um chefe que critica constantemente o trabalho e atitudes dos seus trabalhadores, é aquele que o faz de forma vaga e que se recusa a oferecer críticas construtivas.

Por isso, se o seu chefe não cuida dos funcionários dando feedbacks e se não ajuda na resolução de problemas é significado de que é um mau chefe – afinal, não os ajuda a melhorar em nenhum aspeto.

8 CARACTERÍSTICAS DE UM BOM CHEFE

1

Pede em vez de ordenar

Um chefe inseguro tem tendência para dar ordens em tom de voz exaltado e a portar-se como “diva” para mostrar que está no poder. Um bom chefe não tem medo de passar a mensagem de forma educada e de até pedir por favor.

2

É um bom “treinador”

À semelhança de um treinador, um bom chefe comanda com respeito e fazendo críticas positivas para que os funcionários possam perceber qual o caminho e dar o melhor de si nas funções que desempenham.

3

Desafia os funcionários

Um bom chefe não quer ter empregados desmotivados e infelizes. Vai ouvi-los para perceber se estão satisfeitos e desafiá-los para novos projetos.

4

Está disposto a inovar

Não fazem as coisas só por fazer e mantêm o hábito porque sempre foi assim. Bons chefes dão espaço aos funcionários para experimentarem e inovarem.

5

Preocupa-se com os objetivos dos empregados

Os melhores chefes investem nos seus empregados e querem saber quais os seus objetivos profissionais e sonhos.

6

Capacita a equipa

Os chefes que dão às equipas de trabalho a liberdade para explorarem ideias, assumirem riscos e cometerem erros, são efetivamente os bons chefes. Além disso, fornecem ferramentas que os colaboradores necessitam e permitem que existam ambientes de trabalho flexíveis.

7

Cria um ambiente inclusivo

Um ambiente “psicologicamente seguro” é a chave para o desempenho de qualquer equipa de trabalho. Por isso mesmo, é essencial que os chefes transmitam segurança aos profissionais, para que estes deixem de ter medo de punições em caso de erro ou durante a apresentação de ideias novas.

8

É um bom comunicador

Os melhores chefes são aqueles que sabem ouvir. Isto ajuda-os a perceber melhor como funcionam as suas equipas de trabalho e claro, a demonstrar empatia.

Para além disto, os bons chefes compreendem que o conhecimento é sinónimo de poder. E é exatamente por isso que são transparentes e estão dispostos a partilhar informações com os trabalhadores para que saibam o porquê de cada decisão tomada.

hábitos de um bom líder
Veja também 10 principais hábitos de um bom líder

ALGUNS CONSELHOS PARA LIDAR COM UM MAU CHEFE

  1. Ajude sempre que necessário;
  2. Tenha algum sentido de humor e tente levar tudo um pouco mais na desportiva;
  3. Comunique com a equipa sobre o que está bem e o que está mal;
  4. Converse diretamente com o seu chefe;
  5. Antecipe-se. Esteja sempre à frente de qualquer situação que se possa vir a passar;
  6. Planeie uma estratégia para tratar de determinados assuntos entre o chefe e equipa;
  7. Seja profissional;
  8. Cumpra com todas as tarefas que lhe competem;
  9. Coloque-se no lugar do seu chefe e reflita;
  10.  Mantenha-se calmo.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE CHEFE E LÍDER?

Chefe

Durante muitos anos o termo chefe foi utilizado dentro das empresas para expressar o poder e um modelo autoritário de ser.

No fundo, um chefe é aquele que ocupa uma função formal numa organização, que é movido pela autoridade, como sendo o que determinará as funções aos departamentos, às equipas e colaboradores.

O chefe é conhecido por ter uma postura mais inflexível – dá mais importância ao benefício que a sua liderança traz para ele próprio (como o facto de ter o poder de decisão ou um salário mais alto, por exemplo).

De um modo geral, o chefe deve sempre preocupar-se com o desenvolvimento das pessoas que lidera. No entanto, nem sempre é assim e o que acontece é cobrar resultados sem que dê a devida orientação.

Líder

Já o líder é aquele que tem a capacidade de envolver as pessoas. Ou seja, de alguma forma exerce uma influência sobre as pessoas com quem trabalha sem que tenha que impor qualquer tipo de poder.

Com isto, ser líder é ter um papel inovador que visa o crescimento da empresa em todos os aspetos e de formas diferentes: procura auxiliar a equipa e gerir as dificuldades encontradas para que os erros não voltem a acontecer e juntos cresçam.

Além disto, um bom líder não sente a necessidade de se colocar acima de nenhum trabalhador. Afinal, o seu foco é caminhar lado a lado da equipa, orientá-la, ser um exemplo e deixar todos confortáveis.

Veja também