Publicidade:

O que posso conduzir com carta B?

O que posso conduzir com carta B (ligeiros)? Posso atrelar um reboque ou conduzir motociclos com a carta de condução categoria B? Saiba tudo.

O que posso conduzir com carta B?
Exemplos e restrições legais

O que posso conduzir com carta B? Esta é uma das questões que mais dúvidas suscita entre os condutores, nomeadamente sobre se podem conduzir motociclos (e quais) e/ou atrelados aos reboques (e quais) com a carta de condução da categoria B (ligeiros).

A resposta à questão, “o que posso conduzir com carta B”, encontra enquadramento legal no Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir do Decreto-Lei n.º 138/2012, de 05 de julho. Saiba agora o que pode conduzir com a carta B (carta de condução de ligeiros).

O que posso conduzir com carta B?


o que posso conduzir com carta b

Segundo o artigo 3.º do Anexo do Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir (Decreto-Lei n.º 138/2012), o condutor titular da carta de condução da categoria B pode conduzir triciclos e quadriciclos (ligeiros e pesados), pois dá acesso à categoria AM, A1 (com condicionantes) e B1. Ou seja, está habilitado a conduzir:

  • Motociclos sem carro lateral, com cilindrada não superior a 125 cm3 e de potência máxima até 11 KW e relação peso/potência não superior a 0,1KW/Kg, e triciclos com potência máxima não superior a 15KW, se tiver idade igual ou superior a 25 anos;
  • Automóveis ligeiros, a que podem ser atrelados um reboque com massa máxima autorizada não superior a 750 Kg ou, se superior, desde que a massa máxima do conjunto formado não exceda os 3.500 Kg;
  • Veículos a motor de duas ou três rodas (de motor de combustão interna de cilindrada não superior a 50 cm3, ou cuja potência nominal máxima contínua não seja superior a 4 kW, se o motor for elétrico), com exceção dos velocípedes a motor (de motor de ignição comandada, de cilindrada não superior a 50 cm3, ou por motor de combustão interna cuja potência útil máxima não seja superior a 4 kW, ou cuja potência nominal máxima contínua não seja superior a 4 kW, se o motor for elétrico), e quadriciclos ligeiros (de motor de ignição comandada, de cilindrada não superior a 50 cm3, ou cuja potência nominal máxima contínua não seja superior a 4 kW, se o motor for elétrico ou de combustão interna, cuja massa sem carga não exceda 350 kg), dotados de velocidade máxima limitada, por construção, a 45 km/h;
  • Quadriciclos de potência não superior a 15 kW e cuja massa máxima sem carga, excluindo a massa das baterias para os veículos elétricos, não exceda 400 kg ou 550 kg, conforme se destine ao transporte de passageiros ou de mercadorias, respetivamente.

Exemplos (com as condicionantes atrás descritas): automóveis ligeiros; motas; moto 4; tratores agrícolas ligeiros (sem exceder os 6.000 kg, incluindo alfaias); máquinas industriais, agrícolas e florestais ligeiras (com peso máximo de 3.500 kg); autocaravanas ligeiras (com peso bruto não superior a 4.250 kg); automóveis ligeiros com reboque.

Veja também: