4 objetos que envenenam a sua casa

Mesmo sem saber pode ter em sua casa objetos prejudiciais para a sua saúde e bem-estar.

4 objetos que envenenam a sua casa
Descubra alguns dos perigos escondidos

Uma casa limpa e arrumada é uma casa segura para a saúde e bem-estar de quem a habita. Em princípio esta afirmação podia estar correta, mas não é bem assim. Mesmo sem saber, a sua casa pode ter perigos escondidos.

Na verdade qualquer pessoa pode ter espalhados pela casa objetos e substâncias aparentemente inócuas que na realidade podem ser prejudiciais. Para o ajudar a detetar os perigos reunimos uma lista de objetos e produtos perigosos que podem estar a “envenenar” a sua casa.


4 objetos insuspeitos mas perigosos


1. Madeiras prensadas

As madeiras prensadas (como painéis MDF - Medium-Density Fiberboard ou painéis de fibras de média densidade - e mobiliário de aglomerados de partículas) são muito comuns e muito usados nos dias de hoje.

À primeira vista pode achar que não sabe do que falamos, mas o mais certo é ter destes produtos em casa. Móveis ou madeiras de revestimento são alguns dos exemplos onde estes produtos podem ser usados. Muito usados nos dias que correm, estas madeiras prensadas constituem uma alternativa aos objetos de madeira maciça, não só porque são mais fáceis e práticos de instalar (são muito usados nos móveis – que quase se podem chamar – “faça você mesmo”), mas também porque são produtos mais baratos.

O grande problema reside na produção destas madeiras, uma vez que incluem vários produtos químicos prejudiciais para a saúde e que a longo prazo podem ser maléficos para a sua saúde e causar problemas respiratórios ou até cancro, por exemplo.
 


2. Ambientadores

São ótimos para perfumar o ar, mas pouco amigos da sua saúde ou do ambiente. Se usados excessivamente ou em espaços muito pequenos e sem ventilação, estes produtos libertam substâncias tóxicas e poluentes que quando combinados com o dióxido de carbono formam uma combinação tóxica e prejudicial para a sua saúde.

É certo que usar apenas um “cheirinho” não lhe vai fazer mal, mas ainda assim é conveniente assegurar que mantém o ar a circular nesses espaços. Ou então, nada melhor do que abrir as janelas para purificar e refrescar o ar de sua casa.



3. Bolas de naftalina

Já quase não se usam, mas existirão ainda mães e avós que têm guardadas algumas bolas de naftalina para prevenir que as traças ataquem. O cheiro forte denuncia os produtos tóxicos que as compõem. Mas ainda que possam ser uma arma eficaz contra as traças, constituem também um perigo para a sua saúde. A Organização Mundial da Saúde (OMS) até já avisou que as bolas de naftalina podem causar problemas de saúde, como cancro, e desaconselhou a sua utilização.



4. Garrafas, louças e talheres de plásticos

A grande maioria das garrafas reutilizáveis e louças ou talheres de plástico contêm BPA, um difenol, utilizado na produção do policarbonato e de outros plásticos. Acontece que este difenol é um químico perigoso para a saúde e que até já foi proibido em alguns países. Se quer usar objetos de plástico procure aqueles que indicam não conter BPA. A sua saúde agradece.



O perigo está à espreita

Como vê até os produtos mais insuspeitos podem constituir um perigo para a sua saúde. E estes são apenas alguns exemplos. Mas pelo bem da sua saúde e daqueles que o rodeiam, o melhor mesmo é evitá-los. 

Veja também: