Os países mais corruptos da Europa

Passamos a vida a ouvir falar em corrupção, sendo este um lugar quase comum nos dias que correm. Descubra quais são os países mais corruptos da Europa.

Os países mais corruptos da Europa
Em 2015, saiba quais são os países mais corruptos da Europa

Segundo o último estudo realizado em 2015 pela Ernst & Young, sobre fraude e corrupção em vários países do mundo, ainda existem fortes índices de corrupção espalhados pelos vários continentes. No caso Europeu, as notícias não são boas para Portugal, que aparece neste ranking como sendo um dos países mais corruptos da Europa, ocupando o quarto lugar.

A verdade é que ao inquirem trabalhadores portugueses, o estudo revela que, pelo menos 83% considera que as práticas de corrupção ou de suborno em Portugal acontecem de forma generalizada, sendo quase uma prática comum.
Neste estudo, destaque para o fato de a ética financeira estar de alguma forma mais resguardada do que outros setores económicos, principalmente devido às regras impostas pelos reguladores que estão intrinsecamente associadas.
 

Os cinco países mais corruptos da Europa em 2015

 

1. Croácia

A Croácia foi considerada por este estudo como o país mais corrupto da Europa. Cerca de 92% dos entrevistados assume que existe, de facto, uma prática de corrupção generalizada no país.

 

2. Eslovénia

Já a Eslovénia, o segundo país mais corrupto da Europa, tem um forte histórico de corrupção. Há dois anos, o seu ex primeiro-ministro foi condenado por corrupção, o que revela muito desta dinâmica no país.
 


3. Sérvia

Segundo os entrevistados, a Sérvia é considerado o terceiro país mais corrupto da Europa. Os escândalos de corrupção têm sido sucedâneos nos últimos anos, sendo que recentemente foi preso o homem mais rico do país, acusado de práticas desta índole.

 

4. Portugal

Portugal tem aparecido sempre nos rankings de corrupção em posições um tanto ou quanto constrangedoras. Em 2015 e à luz deste ranking, Portugal aparece em quarto lugar entre os países mais corruptos da Europa. Nos últimos dois anos, o país tem sido palco para casos sucessivos de corrupção. Talvez por isso este estudo da Ernst & Young revele que 61% dos entrevistados considera que há distorção nos resultados financeiros das empresas e só 28% acredita na ética profissional das organizações.

Apesar dos resultados não serem animadores, 25% da amostra deste estudo admite existir uma melhoria na ética empresarial nos últimos dois anos.
 

5. Ucrânia

Em quinto lugar do ranking dos cinco países mais corruptos da Europa encontra-se a Ucrânia, um país que nos últimos anos tem ficado marcado por fortes conflitos político-económicos, o que também contribui em muito para o oportunismo que leva à corrupção.


Veja também: