5 plantas medicinais muito versáteis

Conheça ou relembre a versatilidade de 5 plantas medicinais bem conhecidas: das propriedades medicinais, à culinária e cosmética.

5 plantas medicinais muito versáteis
A natureza como aliada da saúde e bem-estar!

As plantas medicinais são, desde sempre, utilizadas para tratar maleitas, para usos culinários, cosméticos, entre outros, em forma de chás e infusões, gotas, óleos, cremes, etc.

Porém, como em qualquer outra situação, é importante ter cuidados e conhecimentos sobre a utilização de plantas medicinais, bem como sobre o seu manuseamento e local de compra, para evitar riscos para a saúde.

A ideia popular de que “é natural e por isso não faz mal” não deve ser seguida à letra. As plantas medicinais e o ervanário não devem substituir um diagnóstico médico. E convém lembrar que em alguns casos as plantas medicinais podem ter efeitos adversos quando usadas em simultâneo com certos medicamentos.

Selecionamos 5 plantas, de aquisição fácil, com propriedades medicinais, mas não só. Confira de seguida.

5 plantas medicinais e principais utilizações

1. Alecrim

alecrim

O alecrim pode ser adquirido em qualquer supermercado e é muito fácil encontrá-lo gratuitamente em zonas rurais. Apesar do nome sobejamente conhecido, não parece ainda ser das plantas mais utilizadas, embora possa ser usado como planta medicinal, na cosmética e na cozinha.

Propriedades medicinais: A medicina popular recomenda o alecrim para combater febre e tosse, por exemplo. Infusões de alecrim são sugeridas para eliminar uma tosse persistente e para quem tem dificuldade em fazer a digestão. São-lhe ainda atribuídas propriedades desinfetantes e aromáticas. É também considerado um bom relaxante muscular, ativador da memória e fortalecedor dos músculos do coração.

Utilização culinária: Fresco ou seco pode ser usado na preparação de aves, caça, carne de porco, cabrito e vitela, enchidos e batatas assadas.

Há quem recomende que em churrascos se espalhe um punhado de alecrim sobre as brasas para perfumar a carne e deixar um agradável aroma no ambiente. Pode ainda ser utilizado em sopas e molhos.

2. Alfazema

alfazema

Para além do seu reconhecidíssimo aroma, usado para perfumar ambientes e roupas, por exemplo, a alfazema, também relativamente fácil de encontrar, tem propriedades medicinais e muitos outros usos.

Propriedades Medicinais: Esta planta é conhecida pelo seu efeito calmante e de alívio das dores de cabeça, por isso também recomendada para quem tem enxaquecas.

Outros usos: Muito utilizada na cosmética e perfumaria, os chás feitos com alfazema acalmam as peles sensíveis e delicadas, além de terem ação de limpeza para a pele com acne.

Como referido atrás, reconhecidíssima pelo seu agradável aroma, os saquinhos com alfazema seca são usados para perfumarem a roupa, mas também eliminam traças e insetos dentro das gavetas e armários.

3. Erva-cidreira

erva-cidreira

Talvez um dos chás mais utilizados, a erva-cidreira pode ser adquirida facilmente em supermercados, ervanários e em zonas rurais.

Propriedades medicinais: O chá é muito usado sobretudo para tratar problemas gastrointestinais como enjoos, enfartamento, entre outros. Considerada anti-inflamatória, antioxidante, digestiva, calmante é associada a tratamentos de problemas nervosos, perturbações do sono e ainda no tratamento de febres e constipações.

Outros usos: A erva-cidreira pode ser utilizada na cozinha como condimento. As suas folhas usam-se para dar sabor a saladas de legumes ou frutas.

Pode ainda ser esfregada na pele para aliviar picadas de insetos ou mesmo para evitar que estes piquem, já que o seu óleo essencial é um excelente repelente. O óleo essencial éainda muito utilizado em aromaterapia.

4. Erva príncipe

erva principe

Esta planta é outro exemplo de versatilidade, fácil de encontrar e com um agradável aroma fresco de limão.

Propriedades medicinais: Reconhecida pelas suas propriedades bactericidas, desinfetante, calmante, diurética e anti-depressiva. Das folhas frescas ou secas da erva príncipe fazem-se infusões para fins medicinais.

Outros usos: Pode ser utilizada na culinária para tempero de saladas e compotas e em sopas e estufados.

5. Hortelã

hortelã

Muito conhecida e utilizada em diferentes comidas e bebidas. De fácil compra em qualquer supermercado.

Propriedades medicinais: Usada para acalmar dores de cabeça, náuseas e o estômago, bem como para reduzir o nervosismo e o cansaço. É ainda uma boa aliada para tratar constipações, gripes, vómitos e cólicas. A hortelã ajuda na libertação de toxinas, é diurética e protege dentes e gengivas, combatendo ainda o mau hálito.

A hortelã é também benéfica para a pele devido às suas propriedades anti-inflamatórias e anti-pruriginosas; pode ser aplicada diretamente sobre as áreas que causam comichão e no tratamento de acne.

Outros usos: Com poucas calorias e muitos nutrientes, a hortelã é muito utlizada na culinária, em diferentes pratos principais, sobremesas, sumos, etc.

Igualmente aproveitada em cosmética e perfumaria, em perfumes e sabonetes, por exemplo. Diz-se que a hortelã ajuda a levantar o ânimo e que pode ser colocada (ou a sua essência/perfume) debaixo da almofada para se obter um efeito relaxante e uma boa noite de sono.

Há uma imensidão de plantas medicinais, mais ou menos fáceis de encontrar, mas geralmente muito versáteis em termos de utilização. Não se esqueça de as adquirir sempre em locais adequados para evitar riscos para a saúde.

Veja também: