Publicidade:

Afinal, porque temos pesadelos?

Todos temos sonhos perturbadores que nos causam sentimentos desagradáveis, como a ansiedade e o medo. Explicamos o que são e porque temos pesadelos.

Afinal, porque temos pesadelos?
Pesadelos, como entendê-los?

Há poucas coisas que se comparam a uma boa noite de sono, seguida de um acordar relaxado e bem-humorado. Mas nem sempre é assim. Por vezes, as nossas preocupações e os nossos medos interrompem-nos o sono e deixam-nos angustiados durante o resto do dia. Passar por estes momentos mais atribulados durante a noite deve ter algum propósito, mas então, porque temos pesadelos?

O que são pesadelos?


Damos o nome de pesadelos aos sonhos que têm características negativas e que nos provocam sensações desagradáveis: medo; angústia; tristeza; raiva.

Tal como os sonhos, os pesadelos ocorrem durante a fase mais profunda do sono, que pode durar, em média, até meia hora e que se pode repetir até seis vezes numa só noite. Ou seja, corremos o risco de ter seis pesadelos por noite!

Mas nem tudo são más notícias! Apesar de podermos ter vários pesadelos numa só noite, o mais provável é que não nos lembremos deles, tal como acontece com os sonhos. Apenas nos conseguimos recordar dos sonhos se despertarmos logo após acontecerem.

Algumas pessoas podem sentir que têm mais pesadelos do que sonhos porque recordam mais episódios de um do que de outro. O que acontece é que devido à enorme carga emocional que os pesadelos provocam é mais provável que acordemos durante os pesadelos e, dessa forma, é mais fácil que nos recordemos deles.

Os pesadelos acompanham-nos durante toda a vida e surgem, habitualmente, por volta dos 4/5 anos de idade. É natural que na infância sejam mais intensos do que na vida adulta, embora os adultos também possam ter pesadelos intensos, de acordo com o estado emocional em que se encontram.

Os pesadelos isolados são fenómenos absolutamente normais, contudo, quando se tornam recorrentes e provocam graves níveis de ansiedade e angústia, podemos estar perante uma perturbação de sono, sendo importante pedir ajuda. Daí a importância de sabermos porque temos pesadelos.

porque temos pesadelos

Os 5 pesadelos mais comuns

1) Sonhar que estamos perdidos ou encurralados;

2) Sonhar que estamos a cair;

3) Sonhar que estamos nus ou vestidos de forma inadequada em público;

4) Sonhar com desastres;

5) Sonhar com o roubo da nossa casa.

Porque temos pesadelos?


Não existe uma explicação única e definitiva para o facto de termos pesadelos, mas os cientistas têm avançando várias possibilidades:

1) Os pesadelos refletem as situações com as quais não conseguimos lidar de forma eficiente no nosso dia-a-dia;

2) Os pesadelos estão relacionados com um trauma que sofremos algures na nossa vida e o seu teor está relacionado com esse trauma;

3) Os pesadelos podem também ser devidos a: perturbações de ansiedade; perturbações do sono; fase de vida com stress mais intenso; processo de luto; alterações da medicação.

Veja também:

Ana Graça Ana Graça

Mestre em Psicologia, pela Universidade do Minho, com a dissertação “A experiência de cuidar, estratégias de coping e autorrelato de saúde”. Especialização (Pós-Graduada) em Neuropsicologia Clínica, Intervenção Neuropsicológica e Neuropsicologia Geriátrica. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, com especialidade em Psicologia Clínica e da Saúde e Neuropsicologia. Além da Psicologia. é apaixonada por viagens, leitura, boa música, caminhadas ao ar livre e tudo o que traga mais felicidade!