AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Provas de aferição: tudo o que precisa de saber

As provas de aferição são realizadas no Ensino Básico. Saiba tudo sobre as mesmas.

Provas de aferição: tudo o que precisa de saber
As provas de aferição avaliam, mas não contam para a nota

Uma vez extintos os exames nacionais do quarto e do sexto anos, em 2016, foram implementadas as provas de aferição para avaliar os conhecimentos que os alunos portugueses têm de Português, de Matemática e de outros domínios curriculares. As provas são realizadas no final do ano letivo, no fim do primeiro ciclo e do segundo ciclo do ensino básico, e também na segunda classe e no oitavo ano.


Perguntas e respostas sobre as provas de aferição

No início de 2016, o Governo decidiu criar as provas de aferição para substituir os exames nacionais do 4.º e 6.º anos. Os resultados obtidos nestas provas de aferição não contam para as notas dos alunos, mas permitem às escolas perceberem o grau de aprendizagem dos alunos nas disciplinas basilares de Português e de Matemática.



Regime transitório das provas de aferição

No ano corrente, o Governo determinou a não-obrigatoriedade da realização das provas de aferição, devendo estas ser realizadas apenas pelas escolas que assim o desejassem e decidissem. A verdade, é que apenas 57% das escolas nacionais tomaram a decisão de implementar as aferições.



Quais os procedimentos para a realização das provas de aferição?

Em termos logísticos, as provas de aferição exigem quase o mesmo das escolas. Por exemplo, é necessário nomear professores vigilantes que possam estar presentes nas salas enquanto se realiza a prova. Porém, deixou de ser necessário suspender as aulas das turmas que não fazem prova, como acontecia no ano passado para os alunos sujeitos a exame nacional. A suspensão das aulas terá criado agitação entre as famílias e a necessidade de modificar as rotinas das crianças, o que não foi bem acolhido pela comunidade.



Quando se realizam as provas de aferição?

Ao contrário dos exames nacionais, que se realizavam em maio, as provas de aferição têm lugar na última semana do ano letivo.



Quais as vantagens de aferir os conhecimentos dos alunos?

As provas de aferição são corrigidas e dessa correção resulta um relatório que destaca os pontos fortes e menos fortes de cada aluno nas disciplinas avaliadas. A avaliação é externa, pelo que tanto os alunos como os professores têm acesso a uma visão objetiva e independente dos conhecimentos demonstrados pelos alunos.

Consulte o calendário letivo completo aqui.

Veja também: