Saudade em inglês: vamos traduzir corretamente?

A palavra já é um mito quando o assunto é traduzi-la para outras línguas, mas será que é mesmo tão complicado? Saudade em inglês pode, sim, acontecer.

Saudade em inglês: vamos traduzir corretamente?
Esta é a sétima palavra mais difícil de traduzir

Quem de nós já não ouviu a mesma história? “Saudade é a única palavra para a qual não há tradução”. Quando começamos a estudar inglês, este é um dos mitos clássicos que aprendemos como certo e passamos adiante, como se fosse uma informação absolutamente fidedigna. Mas, será que é mesmo assim? A resposta mais simples é: não. Vai ver neste artigo porque a palavra saudade em inglês existe – e é tão mais fácil do que pensa.

Lembrou-se daquela professora que definiu a saudade como impossível de traduzir? Ou daquele seu amigo poeta, músico ou aspirante a artista que disse o mesmo? Esqueça. Um sentimento tão universal e humano tem de existir em qualquer língua – imagine se no inglês seria diferente. Os nativos do inglês, tal como qualquer português, sentem saudades e, claro, falam sobre ela.

Vamos deitar fora esta ideia? Primeiro, temos que falar de algumas palavras importantes e explicar o porquê de elas serem utilizadas para traduzir o sentimento de saudade.

Saudade em inglês: vamos traduzir corretamente?

feeling-homesick

Primeiro, temos que falar da palavra “miss”. Algumas pessoas podem questionar o seu uso, utilizando como argumento o facto de esta palavra, ao pé da letra, significar em português “sentir falta”. Sim, está correto… Mas, então, sentir falta de alguém não é o mesmo que ter saudades? Quando quiser expressar este sentimento, use à vontade a frase “I miss you”, que, em terras de camões, quer dizer “eu sinto a sua falta”.

Mas, ainda há mais palavras e expressões interessantes por descobrir quando o assunto é falar de saudade em inglês.  Uma das mais utilizadas no dia a dia tem uma pitada de curiosidade: “Homesick“. Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, esta expressão nada tem a ver com a sua tradução literal para o português – afinal, ela não significa “casa/lar doente”, mas sim a falta que sentimos do nosso ambiente familiar.

Veja como pode fazer uso desta palavra:

I came to England five months ago… I’m homesick. – Eu vim para Inglaterra há cinco meses… Estou com saudades de casa.

I would never be able to move abroad… I would be homesick all the time. – Eu nunca poderia mudar para fora… Eu iria sentir saudade de casa todo o tempo.

E assim, chegamos ao fim da aula de hoje. Percebeu como, afinal, as saudades em inglês não precisam ser um mito? O grande segredo que deve ter em conta é saber aplicar a palavra correta para cada situação. Esqueça a história de que saudade não existe em inglês e abandone a ideia de traduzir tudo ao pé da letra. Quem está a aprender um idioma tem um dever: compreender a riqueza e a pluralidade que cada língua, em particular, apresenta. Lembre-se: língua é, sobretudo, uma questão de cultura.

Não deixe de espreitar os nossos artigos com dicas e sugestões para aprender inglês. Afinal, se não voltar para ler mais amanhã, nós vamos sentir saudades.

Ooops…

If you don’t come back tomorrow, we’ll miss you.

Veja também:

Os mais vistos