3 Coisas a saber sobre o seguro para reboques

Se precisa de fazer um seguro para reboques, precisa de saber estas 3 coisas de modo a poder ter o melhor negócio possível.

3 Coisas a saber sobre o seguro para reboques
Esteja informado

Poupe em média mais de 250€ por ano com o seu Seguro AutomóvelSe tem, ou se pretende ter, um atrelado para andar a passear pela estrada, há coisas que precisa de saber sobre seguro para reboques, tanto para estar devidamente informado, como para circular seguro.

Pode tanto incluir o reboque no seguro do seu veículo, como pode fazer um seguro próprio para o reboque. Neste último caso, o seguro só vai ser útil quando o reboque estiver atrelado ao veículo.
 

3 Coisas a saber sobre ter seguro para o seu reboque

 

1. O preço pode variar bastante

Dependendo da sua seguradora, do tipo de reboque, da cobertura escolhida, e de alguns outros fatores, o preço do seu seguro para reboques pode variar bastante. O melhor é fazer sempre o seu trabalho de casa e explorar mais do que uma opção, se possível. Pode acabar por poupar bastante a longo prazo se conseguir um bom negócio.

Em algumas seguradoras, reboques sem matrícula com um peso inferior a 300 kg podem nem sequer se pagar, se incluídos no seguro automóvel. Melhor preço que este não há.

No entanto, o seguro é obrigatório e circular com um reboque sem o mesmo pode acabar numa coima até 2500 euros, de acordo com o código da estrada. Seja qual for o custo do seu seguro, de certeza será inferior à coima.

 

2. Existe cobertura obrigatória

Tal como num seguro automóvel, um seguro para reboques tem cobertura de responsabilidade civil obrigatória. Esta cobertura garante indemnizações no caso de haverem danos causados a terceiros, sejam estes danos materiais ou corporais. 

Em Portugal, o seguro cobre um montante mínimo de cinco milhões de euros para danos corporais, e de um milhão para danos materiais.

Podem também ser incluídas outras coberturas, mas terá que negociar com a sua seguradora de modo a poder obter uma boa cobertura a um bom preço. Lembre-se de explorar mais que uma opção.

 

3. Tem que incluir serviço de reboque no seguro automóvel

Mesmo que faça seguro para reboques separado do seguro automóvel, este tem de ter na apólice uma referência à inclusão de serviço de reboque. 

No caso de se tratar de um reboque inferior a 300 kg sem matrícula, é suficiente a referência. No caso de ser um reboque superior a 300 kg e com matrícula, é necessário este ter carta verde própria, na qual contenha informação acerca do mesmo.

Se não existir tal referência, haverá informação nas condições referente à exclusão de serviço de reboque. Esta informação significa que assim que atrelar o seu reboque ao veículo, este não está coberto pelo seguro. Por sua vez, isto pode significar uma coima choruda - o melhor é jogar pelo seguro.

Prevenir é o melhor remédio. Simule um Seguro Auto personalizado!


Veja também: