Publicidade:

Sobrecarga de trabalho: 7 formas de contornar e gerir a carreira

Sente que está com uma sobrecarga de trabalho? Se este é o seu caso, damos algumas sugestões para contornar a situação.

Sobrecarga de trabalho: 7 formas de contornar e gerir a carreira
Algumas formas de lidar com a sobrecarga de trabalho

Face à escassez de recursos ou à necessidade de aumentar as receitas, muitas empresas diminuem tanto quanto possível o número de pessoas contratadas, procurando, muitas vezes, responder aos acréscimos de serviços com a contratação em outsourcing. O que é certo é que, quando se faz o mesmo com menos pessoas, a sobrecarga de trabalho torna-se a realidade de muitos trabalhadores.

Mas, como contornar e gerir o excesso de trabalho da melhor forma? Fique atento às nossas dicas.

6 formas de lidar com a sobrecarga de trabalho


Fique a par de algumas técnicas que pode usar para lidar eficazmente com a sobrecarga de trabalho. Definir limites e estabelecer prioridades, usar todos os recursos disponíveis e poder conversar com o seu chefe acerca dos objetivos e da sua exequibilidade são algumas das coisas que pode fazer cada vez melhor, e com impacto positivo na sua qualidade de vida.

sobrecarga de trabalho

1. Aprenda a delegar

Delegar tarefas é a primeira estratégia para se livrar da sobrecarga de trabalho. Aprender a distribuir responsabilidades é essencial para recuperar algum do seu tempo livre, mas também é bom para quem assume o trabalho antes desenvolvido por si, pois, quando delega, está a dar um voto de confiança.

2. Estabeleça prioridades

Sempre que se é confrontado com a sobrecarga de trabalho, é muito importante, antes de mais, estabelecer prioridades. Dependendo da importância e urgência das tarefas, compreenda se as mesmas têm que ser realizadas de imediato ou se podem ser “guardadas” para um momento mais tranquilo do seu dia. Esta definição de prioridades ajuda a uma maior concentração nas tarefas realmente importante, que contribuem para o resultado que se pretende alcançar, enquanto que deixar as tarefas menos essenciais de lado pode ser um importante fator motivacional.

3. Faça pausas

Encontre sempre tempo para uma pausa curta. Nem que tenha que se forçar a fazê-lo, é importante parar pelo menos de duas em duas horas, ainda mais quando o trabalho é mental ou emocionalmente exigente. Se o momento for de grande stress, gaste um minuto a fazer exercícios de respiração profunda, concentrando-se nos movimentos de inspiração e expiração de ar.

4. Negoceie

Peça um aumento. Porque não? Sentir que está a trabalhar em demasia, seja em termos de horários seja em termos de volume de trabalho, dá-lhe perfeitamente o direito de pedir um aumento de remuneração que pelo menos seja mais justo no seu entender. Receber um aumento pode não afastar a sobrecarga de trabalho, mas pelo menos vai fazê-lo sentir-se melhor recompensado.

5. Elimine maus hábitos de trabalho

Somos seres de hábitos. E a verdade é que há alguns comportamentos que não beneficiam em nada a nossa produtividade, consumindo apenas o nosso tempo. Por exemplo, é daquelas pessoas que primeiro vê os emails que recebeu e só depois é que responde? Então, está a duplicar esforços e a perder o dobro do tempo.

6. Reserve tempo para os imprevistos

Todos os profissionais são acometidos por situações imprevistas, por muito organizados que sejam. Só que, os profissionais que estão sempre em sobrecarga de trabalho, têm menos disponibilidade mental e de recursos para gerir estas situações (tempo, colegas à disposição para ajudar, materiais, equipamentos).

Assim, recomendamos que reserve todas as semanas um período de tempo para evitar ou gerir situações imprevistas.

Veja também:

Catarina Reis Catarina Reis

Consultora de carreira com mais de 10 anos de experiência, possui formação superior em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia. É naturalmente curiosa, desenvolvendo múltiplos projetos paralelos que envolvem a Fotografia, a Música, o Marketing Digital e o Cinema.