Taxa Social Única (TSU)

O que é a Taxa Social Única (TSU) e qual o seu objetivo. Saiba também qual o valor da Taxa Social Única a pagar pelos trabalhadores e entidades empregadoras em 2014.

Taxa Social Única (TSU)
Saiba tudo sobre a Taxa Social Única.

O que é?

A Taxa Social Única (TSU) é uma contribuição paga mensalmente à Segurança Social pelos trabalhadores e pelas entidades empregadoras. Assim, esta contribuição aplica-se aos salários de trabalho com o objetivo principal de suportar o sistema de Segurança Social, nomeadamente para que esta última possa pagar as reformas, de acordo com o que ganhou cada trabalhador.


Valor da Taxa Social Única

A Taxa Social Única representa, no total distribuído pelo trabalhador e entidade empregadora, uma contribuição de 34,75%, Este é o valor total vigente desde 1995. Para 2014, a distribuição é a seguinte
  • Taxa Social Única sobre o trabalhador: 11%.
  • Taxa Social Única sobre as empresas com base no trabalhador: 23,75%.


TSU em 2015

Para 2015, e tal como já tinha acontecido para o corrente ano, o governo deverá deixar cair o aumento previsto na contribuição dos trabalhadores para a Segurança Social, concretamente dos atuais 11% para 11,2%. Esta era uma intenção descrita no Documento de Estratégia Orçamental (DEO), mas que, após chumbo do Tribunal Constitucional, deverá ficar sem efeito.


Existem reduções e isenções à Taxa Social Única?

A resposta é positiva para os dois casos. 

Reduções: Relativamente às reduções elas estão presentes em alguns setores ou profissões que têm de pagar uma contribuição para a Taxa Social Única mais baixa. No entanto, para a maioria dos trabalhadores por conta de outrem, as empresas pagam os 23,75% já mencionados.

Isenções: No que concerne às isenções estão previstas isenções à Taxa Social Única para as empresas em situações específicas. O principal objetivo destas isenções é o de servir de incentivo à criação de emprego, bem como ao da manutenção de postos de trabalhos. Por exemplo, atualmente as empresas que contratem jovens à procura de primeiro emprego ou desempregados de longa duração ficam isentas de pagar a taxa Social Única a seu cargo (23,75%), por esses trabalhadores, durante um período máximo de 36 meses, ou seja, ficam apenas com a obrigação contributiva relativa à taxa do trabalhador (11%) a cargo do mesmo.
Saiba mais sobre a isenção da Taxa Social Única.


Veja também: