AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

Há 377 mil desempregados sem subsídio

Em Maio, a Segurança Social atribuiu perto de 233 mil prestações. De fora ficaram quase 377 mil desempregados.

Há 377 mil desempregados sem subsídio
Os dados divulgados pelo INE contabilizam 609 mil desempregados

São quase 377 mil os desempregados que não recebem qualquer apoio.

Segundo os dados disponibilizados pela Segurança Social, na sua página na Internet, em Maio foram atribuídas cerca de 232.838 prestações de desemprego (menos 9.331 do que em Abril).

No entanto, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), em Abril existiam 609.8 mil desempregados em Portugal, o que correspondia a uma taxa de desemprego de 12% (o mesmo que em Março).

Ora a Agência Lusa decidiu fazer as contas e, com base nos dados disponíveis, concluiu que em Maio havia quase 377 mil desempregados sem qualquer apoio.

Das quase 233 mil prestações atribuídas, 115.251 dizem respeito a mulheres, sendo as restantes 117.587 atribuídas a homens. Nestas prestações considera-se o subsídio de desemprego, o subsídio social de desemprego inicial, bem como o subsídio social de desemprego subsequente e o prolongamento do subsídio social de desemprego, cujo valor médio (em Maio) era de 449,14 euros.

Maio marcou também a subida do número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI). Em maio beneficiava deste subsídio um total de 212.772 pessoas, o que corresponde a mais 2.739 pessoas, comparativamente a Abril (uma subida de 1.2%).

No que aos beneficiários de RSI diz respeito, a maior parte dos reside no distrito do Porto (um total de 61.602). Segue-se depois o distrito de Lisboa (que regista 35.981 beneficiários), Setúbal (com 18.377) e os Açores (com um total de 18.207 beneficiários). O valor médio do RSI, no mês maio, era de 114,68 euros (por beneficiário) e 257,97 euros (por família).
Fale connosco: Saiba como sair do Desemprego >>
Veja também: