Há quem ande a roubar luz

Já não é de agora que se conhecem os furtos de luz, mas as técnicas estão cada vez mais aperfeiçoadas. Só em 2013, a EDP detectou mais de 20 mil casos de roubo de luz.

Há quem ande a roubar luz
A EDP tem perdas de milhões de euros anuais por causa dos roubos de luz

As notícias sobre assaltos resultam normalmente de pessoas que resolvem assaltar pessoas, casas ou superfícies comerciais para roubar bens materiais. Menos comum é ser noticiado que há quem ande a roubar… luz! É verdade, só em 2013 a EDP detectou mais de 20 mil casos de furtos de electricidade, o que se traduz num forte aumento face aos 14,400 casos registados no ano de 2012. 

Os furtos praticados têm como principal objectivo baixar ou deixar mesmo de pagar luz. Apesar de a prática de adulterar contadores já ser antiga, a EDP admite que tem "vindo a assistir a uma maior sofisticação e profissionalização dos furtos praticados". Segundo a própria, “na internet não faltam fóruns e blogues onde se pedem informações e trocam contactos para realizar estes serviços e há inúmeros sites e vídeos no YouTube a ensinar como manipular contadores”.

Dos milhares de casos detectados pela EDP de roubo de luz, só foram identificados cerca de cinco mil clientes em cada um dos anos referidos, o que fez com que a EDP perdesse 12 milhões de euros em 2012 e 43 milhões em 2013.

Como se manipulam os contadores?

Há várias formas de manipular um contador, mas os casos mais frequentes passam por desligar os fios dos contadores e ligá-los directamente à rede de distribuição ou fazer outro tipo de esquemas muitas vezes com o auxílio do próprio técnico que se deixa corromper. Segundo dados da Direção-Geral de Energia (DGE),” no ano passado, 11% da energia produzida não foi consumida ou faturada, perdeu-se. Nos anos anteriores, as perdas rondavam os 8%”, conclui-se.

Veja também: