Museu Berardo celebra 10 anos com entradas gratuitas no fim de semana

O Museu Coleção Berardo celebra no domingo o 10.º aniversário com entradas gratuitas todo o fim de semana e uma programação especial de atividades para adultos e crianças.

Museu Berardo celebra 10 anos com entradas gratuitas no fim de semana
Mais de sete milhões visitaram Museu Berardo numa década

De acordo com o museu, além das entradas gratuitas nas exposições, serão realizadas atividades especiais no espaço museológico, instalado no Centro Cultural de Belém desde junho de 2007.

Museu Coleção Berardo: programa especial de aniversário

Espelhos Viajantes” é uma dessas atividades, com a proposta, ao visitante, de viajar no tempo, guardar imagens, e acrescentar memórias num percurso pelos espaços do museu.

Nesta atividade é proposto ao “espectador-viajante” que caminhe pelos espaços do museu recolhendo e guardando reflexos das obras de arte captados na superfície de um conjunto de espelhos acoplados ao corpo e fixados numa fotografia.

Outra atividade do programa especial de aniversário intitula-se “Revelar Enigmas” e parte de obras dos artistas presentes na exposição “Coleção Berardo 1960-2010”, sobre a qual o público é desafiado a criar algo que facilite a reflexão sobre as questões levantadas pelo trabalho destes artistas.

Para crianças dos dois aos cinco anos, está prevista a atividade “Cozinh’arte“, descrita pelo museu como “um momento performativo entre a cozinha de autor, e a fértil imaginação das crianças”.

A atividade é feita por duas personagens que acreditam que tudo tem uma receita, e um “cozinhífrico”, uma sofisticada máquina de preparação “de onde tudo pode sair”, e uma bancada de trabalho.

Ali serão construídas criaturas que, quando viajarem para outros lugares, vão levar a história das obras de arte.

Também será realizado um percurso guiado pela exposição atualmente patente “Aprender a viver com o inimigo” de Pedro Neves Marques.

Esta exposição apresenta um conjunto de novos filmes que abordam “uma paisagem enraizada no contexto da extração de recursos naturais no Brasil e na coexistência entre diferentes cosmologias”, segundo o museu.

Mais de sete milhões visitaram Museu Berardo numa década

Mais de sete milhões de visitantes entraram no Museu Coleção Berardo, em Lisboa, durante uma década, para percorrer as 86 exposições realizadas ao longo deste período, segundo os números oficiais da entidade.

Ainda segundo dados do museu, entre 1 de janeiro deste ano até dia 25 de junho, cerca de 367.000 pessoas terão visitado as exposições, sendo que 2016 foi o ano com mais entradas, somando mais de um milhão.

Quanto às exposições mais visitadas, lidera aquela que inaugurou o museu, com base na Coleção Berardo, com 456.347 visitantes, e as relativas também à Coleção Berardo (1900-1960), com 280.813 visitantes, e Coleção Berardo (1960-2010), com 259.545, realizadas em 2016.

Outras exposições que acolheram grandes números de público foram “Joana Vasconcelos – Sem Rede” (2010), com 167.852 entradas, “Your body is my body – O teu corpo é o meu corpo” (2016), com 144.830, “Amália – Coração Independente” (2010), que recebeu 105.485, ou “O Consumo Feliz”, com 110.460 entradas.

O museu ocupou o 65.º lugar na lista dos 100 museus mais visitados do mundo em 2016 – o único em Portugal neste ´ranking´ – com 1.006.145 visitantes nesse ano, segundo o The Art Newspaper, publicação internacional especializada em arte contemporânea.

Veja também: