PLANO DE SAÚDE MEDICARE - 6 mensalidades sem compromisso

Envelhecimento ativo: vitória da humanidade e janela de oportunidades

A longevidade deve ser encarada como uma vitória da humanidade, com a melhoria das condições de vida e uma oportunidade para difundir o património “imaterial” dos seniores.

Envelhecimento ativo: vitória da humanidade e janela de oportunidades
A Allianz está atenta às necessidades dos mais velhos.

O envelhecimento da população é um dos maiores desafios da Europa. O alerta é das Nações Unidas (ONU), que aponta para 4,4 indivíduos em idade de trabalhar por cada pessoa com 65 anos ou mais. Segundo as suas estimativas, tendo em conta que a população ativa europeia deve diminuir acentuadamente no futuro, o número deve baixar para 3,1, em 2025, e apenas 2,1, em 2050.

Entre os grandes eixos estratégicos de reflexão para os governos europeus deixados pela ONU são de destacar a integração do envelhecimento, a adaptação dos produtos e serviços às pessoas com mais de 65 anos, a definição de taxas preferenciais para os exames médicos e o apoio nas tarefas quotidianas. Esta tendência demográfica tem implicações a vários níveis do quadro social, nomeadamente, no que diz respeito à administração das pensões de aposentação.

Face à conjuntura atual, têm surgido cada vez mais empresas que se dedicam ao planeamento de poupanças reforma. A Allianz, acompanhando a tendência e antecipando necessidades do mercado, desenvolveu a modalidade Allianz Renda Mais. Consiste num seguro de vida que permite o usufruto de poupanças, através de uma renda disponibilizada com a regularidade pretendida. É um produto de desacumulação de poupanças cuja proposta assenta num plano de gestão das economias investidas, como um complemento dos rendimentos auferidos, em função das necessidades de cada pessoa. Mas as soluções não ficam por aqui.
A Seguradora tem, também, uma oferta especialmente direcionada à população sénior: Allianz Saúde 55 Mais. Consiste num seguro de saúde com os serviços e necessidades específicas das pessoas que se incluem nesta faixa etária. Dentro de um leque de serviços abrangente, inclui ofertas de apoio ao domicílio em tarefas diárias, como ir às compras e preparação de refeições, serviços médicos e ambulatório e cobertura de exames de diagnóstico. Este seguro funciona exclusivamente na Rede Allianz Saúde 55 Mais e oferece ao aderente preços por consulta ou ato médico mais baixos do que os habitualmente praticados no setor privado. Além disso, disponibiliza um subsídio diário para fazer face a despesas adicionais em caso de hospitalização.

A longevidade deve ser encarada como uma vitória da humanidade, com a melhoria das condições de vida e uma oportunidade para difundir o património “imaterial” dos seniores. Por outro lado, o envelhecimento da população é uma questão transversal, que implica a participação e responsabilização de todos no combate à exclusão, através de respostas a eventuais situações de vulnerabilidade e na promoção da solidariedade entre gerações.

A Allianz, enquanto empresa socialmente responsável, procura soluções que promovam o bem-estar de todas as faixas e camadas etárias da população. A idade é símbolo de sabedoria e conhecimento. O saber proporcionado pela experiência de vida tem um papel fundamental no apoio e na formação das futuras gerações. Neste sentido, o papel dos mais velhos ganha cada vez mais expressão. Programas que promovem a multi-geracionalidade estão a ser implementados em diversos países, sendo que alguns são recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Preparar o futuro no presente torna-se, portanto, um imperativo. Todos nós temos um papel na sociedade que nos ajude a assegurar o completo usufruto de bens como a saúde, a segurança e o bem-estar.


Veja também: Quando o digital aproxima mediadores e clientes.


Teresa Brântuas
Por Teresa Brântuas.
Teresa Brântuas é licenciada em Matemática aplicada às Ciências Actuariais, pela Universidade Nova de Lisboa e concluiu o mestrado em Actuariado e Riscos Financeiros no ISEG. Ingressou na Allianz Portugal a 16 de Agosto de 1993 e em Maio de 2002 assumiu a responsabilidade pelo Actuariado Vida / Não Vida. A 1 de Março de 2009 assume o cargo de Diretora de Vida e Actuariado e em Janeiro de 2012 assume a Direcção Não Vida. A 14 de Outubro de 2012 aceitou um novo desafio e assumiu o cargo de Diretora Produto (Vida e Não Vida), cargo que desempenha actualmente. É, ainda, membro do Comité Executivo da Allianz Portugal desde Janeiro de 2009.