Como fazer uma alimentação saudável e barata

Poupar está na ordem do dia. Comer melhor, também. Saiba como fazer uma alimentação saudável e barata, boa para o seu corpo e para a sua carteira.

Como fazer uma alimentação saudável e barata
Dicas para comer melhor sem gastar muito

A preocupação com o que comemos é cada vez mais frequente e o mito de que só uma alimentação cara traz benefícios para a saúde está, felizmente, a deixar de existir. Descubra como conseguir uma alimentação saudável e barata com alguns hábitos simples. 

 

Escolha os alimentos certos 

Antes de mais, é necessário que conheça os alimentos que lhe permitirão fazer uma alimentação mais saudável por menos dinheiro. Feijão, banana, espinafres… Falámos de todos eles aqui. Depois de saber quais são, convém saber o que fazer com eles. Por isso mesmo, convidamo-lo a conhecer estas 5 receitas baratas e simples que vão fazer maravilhas pela sua rotina alimentar.

 
Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail. Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si as melhores dicas de poupança e organização familiar.

Faça as refeições em casa

Não há como fugir: se pretende fazer uma alimentação saudável e barata evite as refeições fora, começando logo pelo pequeno almoço; se o tomar em casa gastará cerca de 9€ por mês (para um pão com manteiga/doce, fruta e leite), contra cerca de 50€ se fizer esta refeição fora (meia de leite + bolo).
Defina uma ementa semanal, cozinhe em grandes quantidades e vá descongelando. 


Veja também: Como poupar com a Bimby

 

Fruta, legumes, sopa

Já conhece a trilogia da alimentação saudável e barata? Procure consumir diariamente fruta e legumes da época e abuse das sopas: uma boa sopa é o melhor preparado detox que podemos consumir. Rica em nutrientes e baixa em calorias, é um poderoso aliado para uma alimentação mais económica e de melhor qualidade. Tenha também sempre à mão fruta para comer entre refeições acompanhada, por exemplo, de tostas integrais.


Saiba mais sobre: Sugestões de menu para refeições no trabalho

 

Faça da água a sua bebida preferida

Esqueça os sumos - são caros e carregados de açúcar. A água é um elemento que faz, sem sombra de dúvida, parte de uma alimentação saudável e barata. Se não quer estar sempre a comprá-la, invista num filtro e sirva-se da da torneira. E nunca saia de casa sem a sua garrafinha - comprar água num café ou confeitaria é tudo menos económico.

 

Substitua o lixo alimentar pela dieta mediterrânica

Por vezes tendemos a pensar que os alimentos de qualidade inferior são mais baratos, mas a verdade é que o lixo alimentar (snacks, batatas fritas de pacote, carnes processadas), acaba por ser tão ou mais caro que os alimentos saudáveis. A dieta mediterrânica é das mais saudáveis e faz parte da nossa cultura - usufrua desse legado e faça escolhas mais naturais: arroz e massa integral, azeite, aveia, menos carne e mais leguminosas, peixes como a cavala, sardinha ou o carapau; não só estará a alimentar-se melhor, mas também de forma mais económica. 

 

Um vaso na varanda… ou uma horta?

O que o espaço disponível na sua habitação lhe permitir. Cultivar algumas ervas aromáticas em casa ou mesmo legumes de maior envergadura é uma excelente forma de conseguir, diariamente, fazer uma alimentação mais saudável e barata. Pode colhê-los conforme a sua necessidade e o rol de possibilidades é imenso: manjericão, hortelã, salsa, alface, beterraba, batata… Ter uma pequena horta, mesmo num espaço limitado, faz bem a alma, ao corpo e à carteira.


Veja também: