Apoios ao empreendedorismo feminino

Será que existem apoios ao empreendedorismo feminino em Portugal? Saiba onde é que eles estão e como os obter.

Apoios ao empreendedorismo feminino
Nos negócios, mandam elas!

O sucesso não está reservado apenas aos homens. Está destinado a todos aqueles e aquelas que acreditarem que é possível arriscar e concretizar uma ideia, por mais utópica que ela seja. O empreendedorismo também se faz no feminino e o número de mulheres bem-sucedidas neste mundo não para de crescer. Conheça os apoios ao empreendedorismo feminino e descubra como os pode obter.
 

Apoios ao empreendedorismo feminino: onde e como

 

Plataforma Exchange

A Plataforma Exchange, lançada em setembro de 2015, é um dos mais reconhecidos apoios ao empreendedorismo feminino existentes em Portugal. Nesta plataforma podemos encontrar vários testemunhos de mulheres empreendedoras que partilham as suas histórias e as suas experiências. Uma iniciativa importante para que outras mulheres se sintam inspiradas a empreender.

 

Prémio “Mulheres Inovadoras”

Este prémio da União Europeia, uma das maiores distinções a nível mundial do género, procura destacar os resultados alcançados por mulheres inovadoras que alcançaram um grande impacto económico. Em 2016, o prémio foi conquistado por Susana Sargento, cofundadora da empresa Veniam. O prémio? 100 mil euros. E que tal começar a apontar baterias para 2017?

 

Programa FAME

O FAME é o maior programa nacional de apoio ao empreendedorismo feminino e é aconselhado a todas as mulheres que pretendam entrar no mercado através da criação de um negócio próprio. Este programa foi criado pelo Instituto para o Fomento e Desenvolvimento do Empreendedorismo em Portugal (IFDEP) e tem dado um apoio crucial a “jovens” empresárias.

 

AMEP

A Associação das Mulheres Empresárias em Portugal (AMEP) pode ser uma excelente ajuda no apoio ao empreendedorismo feminino. Há propostas de apoio jurídico e a projetos empresariais e protocolos celebrados com entidades bancárias e associações empresariais.

 

Projeto MINA

Mulheres e ideias, Negócios em Ação. A Cruz Vermelha afirma acreditar no empreendedorismo, em particular, o feminino. Foi essa a razão que levou a entidade a criar o projeto MINA - Mulheres e ideias, Negócios em Ação que visa promover a criação de empresas por mulheres.

 

O empreendedorismo feminino em Portugal

O empreendedorismo feminino também se concretiza em Portugal e nós já escrevemos um artigo onde destacámos 6 mulheres empreendedoras para inspirar o seu dia. Em 2014, como se pode ler no mesmo artigo, as mulheres criavam aproximadamente 35% dos negócios em Portugal. Números que têm vindo a crescer e que comprovam a importância delas para o crescimento económico português.


Veja também: