Margarida Ferreira
Margarida Ferreira
28 Jul, 2014 - 09:05
Como criar um negócio próprio

Como criar um negócio próprio

Margarida Ferreira
Em tempos de crise, exige-se criatividade para criar um negócio próprio. Existem alternativas de negócio rentáveis, mas deverá fazer uma análise prévia para evitar ter más experiências.
O artigo continua após o anúncio

Espaços Coworking para pequenas empresas e freelancers

Em tempos de crise é necessário uma grande criatividade para encontrar boas ideias de negócios, especialmente porque a procura tende a ser mais reduzida e os clientes bastante mais exigentes. Infelizmente, para muitas pessoas desempregadas ou para aqueles que têm a necessidade de recuperar o rendimento perdido para os impostos, esta poderá ser uma das únicas alternativas…
Para o ajudar neste caminho, deixamos algumas ideias que poderão fazer a diferença no momento de avançar com um negócio próprio.

 

4 dicas para quem quer criar um negócio próprio

1. Encontre produtos para os seus clientes

Peter Drucker dizia que “é necessário encontrar produtos para os seus clientes e não clientes para os seus produtos”. Na prática, é dizer que temos de encontrar alternativas para satisfazer as necessidades dos clientes. A criação de necessidades é uma tarefa que exige um grande investimento, pelo que é mais importante descobrir quais as necessidades que ainda não estão satisfeitas e, a partir daí, criar o seu negócio.
 

2. Procure baixo investimento

Não faz qualquer sentido estar a trabalhar apenas para pagar as despesas e os seus custos. Idealize o seu negócio para ser um projeto que precise de uma estrutura reduzida. Quantas empresas iniciam os seus projetos comprando viaturas, investindo largamente no espaço e contratando pessoas com elevados salários?

3. Conheça o seu mercado

Antes de se aventurar, analise com rigor o seu mercado. Conheça a concorrência e os produtos/serviços que oferece, conhecendo os seus pontos fortes e fracos. Veja como poderá satisfazer melhor e/ou mais barato essas mesmas necessidades, procurando melhorar a proposta de valor para o cliente. Se pensarmos bem, existem milhares de cafés, restaurantes, tabacarias ou cabeleireiros. Será que os empreendedores fizeram esta análise?

4. Conheça as suas capacidades

Se souber quais as suas capacidades e souber ao certo aquilo que mais prazer lhe dá fazer, terá algumas ideias sobre o projeto que poderá criar. Ao fazer aquilo que mais gosta e que tem mais jeito está a aumentar a probabilidade de sucesso, pois os seus níveis de motivação e a qualidade de serviço serão certamente alavancados.
Ficam aqui algumas ideias a ter em conta antes de se aventurar no mundo dos negócios.
Veja também:
Partilhar Tweet Pin E-mail WhatsApp