5 benefícios terapêuticos da jardinagem

Criar algo realmente bonito com as mãos, fazendo um belo jardim ou uma horta cheia de frutas e verduras, é um dos benefícios terapêuticos da jardinagem. Mas não só.

5 benefícios terapêuticos da jardinagem
Alivie o stress e tenha sempre à mão alimentos mais saudáveis

No meio da correria do mundo moderno, parar por um momento e entrar em contacto com as plantas permite que as pessoas voltem a um estado primitivo que foi abandonado nas grandes cidades. Este é apenas um dos muitos benefícios terapêuticos da jardinagem.

O contacto com o mundo das plantas estimula todos os sentidos do ser humano, ajudando a aliviar o stress, a exercitar o corpo, a despertar a imaginação e a acalmar o espírito. No final sentir-se-á mais calmo, relaxado e com a sensação de dever cumprido. 

 

5 benefícios terapêuticos da jardinagem

 

Melhoria de autoestima e autoconfiança

O trabalho com plantas vivas faz com que qualquer pessoa sinta o significado de responsabilidade: sabendo que se deve alimentar e cuidar das plantas, faz-nos sentir mais produtivos, úteis e motivados. Um dos muitos benefícios terapêuticos da jardinagem é que passará a encarar esta atividade como um verdadeiro passatempo que ajuda a potenciar a competência para a observação, oferece capacidade para resolver problemas, incentiva a criatividade, elimina o stress, raiva e controla as emoções.



Melhoria das habilidades motoras

Fazer jardinagem também atua no aumento da intensidade do movimento e melhora as habilidades motoras, já que utiliza os músculos, melhora a coordenação e o equilíbrio, e, consequentemente, ajuda a aumentar a força muscular. Além disso, algumas das atividades de jardinagem, especialmente as mais extenuantes, ajudam a queimar bastantes calorias. Enquanto corta a relva do jardim lá de casa pode gastar até 350 calorias por hora, por exemplo.

 

Alívio de stress

Um dos benefícios terapêuticos da jardinagem é a sua capacidade de relaxar. Vivemos numa sociedade em que sempre devemos estar ligados e a prestar o máximo de atenção a tudo e a todos. Mas essa capacidade de vigilância tem, de facto, um limite e pode gerar a fadiga, o mau humor, a irritação e o stress. Troque o telemóvel pelo ancinho e o televisor por uma ida ao horto mais próximo para descobrir o que plantar a seguir.

 

Desenvolvimento mental

A jardinagem pode melhorar a saúde mental e evitar os sintomas da depressão. Meter as mãos na terra, literalmente, e criar algo belo e saudável só pode mesmo ajudar a melhorar qualquer pensamento mais triste, verdade?
 


Melhoria na alimentação

Aquela sensação de satisfação que sentirá em comer os alimentos que plantou não tem comparação. Assim consegue controlar a qualidade do que come e poupar bastante dinheiro. Experimente juntar as crianças neste processo: elas vão adorar e ficarão tão orgulhosas quando o seu trabalho der frutos… ou vegetais…

 

O que pode plantar em casa?

 

Hortelã

É usada para temperar pratos salgados, como saladas, peixe e carneiro, mas também para aromatizar sumos e sobremesas. Deve ser plantada num vaso com terra sempre húmida e precisa de ficar num local com exposição ao sol. 

 

Manjericão

Dá um sabor e um aroma especiais à comida. É utilizado em molhos e para condimentar carnes e peixes. Não deve ser plantado num vaso pequeno, pois pode chegar a 60 centímetros de altura. Precisa de ser bem hidratado e de ficar num local com bastante sol.
 


Orégãos

É amplamente utilizado na cozinha: em pizzas, saladas, molhos, peixes e carnes. Pode ser plantado em recipientes menores, gosta de solo leve, humidade e bastante luz.

 

Alface

Precisa de um ambiente com bastante exposição solar, pelo menos durante cinco horas por dia e num espaço com boa circulação de ar. O vaso deve ter pelo menos um palmo de profundidade. As floreiras são uma boa opção, pois garantem também espaço para várias mudas. O ideal é regar em dias alternados. O ciclo da alface varia entre 60 e 90 dias. Na hora da colheita, deve extrair a planta toda.
 


Tomate

Embora seja um fruto, o tomate é bastante utilizado nas saladas e molhos. Deve ser plantado num local arejado e com exposição ao sol, pois precisa de quatro horas diárias de luz solar. O vaso deve ter cerca de 40 centímetros de altura e o melhor momento para semear é entre abril e junho. A planta precisa de humidade e deve ser podada assim que tiver ramos com flores, cortando a parte superior do caule. O tomateiro também deve ser preso a uma estaca, o que vai auxiliar a suportar o peso dos frutos.

 

Rúcula

É uma planta de rápido cultivo - as folhas podem ser colhidas apenas quatro semanas após terem sido semeadas. Conserva-se em ambientes fechados, já que se desenvolve melhor em locais não muito quentes. Como as raízes são pequenas, não precisa de um vaso grande e as sementes podem ser plantadas superficialmente.
 


Ameixoeira

Esta é uma das poucas árvores de fruto que pode ser plantada num vaso de jardim onde pode crescer até uma altura aproximada de 2 metros. A maioria das ameixoeiras necessita de estacas para crescer corretamente e a utilização destas é de extrema importância nos dois primeiros anos. Este processo ajuda a formar um tronco ereto da planta e isso vai fazer com que o seu crescimento seja muito mais saudável.

 

Limoeiros

Podem ser cultivados em vasos desde que em áreas com luz e circulação de ar, já que necessitam de pelo menos seis horas diárias de exposição solar. O limão necessita de muita água para crescer, mas não se dá bem com solo encharcado. Doseie bem a quantidade de água.
 


Amoreira

Esta árvore de fruto não precisa de sol direto o dia todo. Em lugares fechados, a irrigação deve ser intuitiva, ou seja, quando se percebe que a terra está seca é altura de regar a planta.


A verdade é que os espaços verdes tendem a humanizar as pessoas. Por isso, os benefícios terapêuticos da jardinagem são, hoje, amplamente conhecidos. Além disso, o contacto com a natureza faz com que o ser humano se consciencialize de que faz parte dela, ajudando a potenciar o equilíbrio necessário para uma vida mais harmoniosa.
Decore o seu jardim como sempre idealizou, sem complicações financeiras >>
Veja também: