Publicidade:

Carta de moto 125: saiba quais os requisitos legais

Saiba quais os requisitos necessários para obter a carta de moto 125 e confira as nossas recomendações.

Carta de moto 125: saiba quais os requisitos legais
Saiba mais sobre este título de condução

A lei é clara: se quer tirar a carta de mota 125 cc, deverá avançar para o título A1. De acordo com o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), este título de condução pode ser obtido aos 16 anos, desde que seja dada a autorização por escrito de quem “exerça o poder paternal”.

Ainda assim, desde 13 de agosto de 2009, todos os titulares da licença de condução de ligeiros com mais de 25 anos de idades não necessitam de tirar a carta de moto 125 cc.

O averbamento é automático e, por isso, não precisa de fazer qualquer tipo de registo extra para poder conduzir o motociclo até 125 cc.

Carta de moto 125 cc: requisitos legais


Já sabemos que a carta de condução de ligeiros (B e B1) e a categoria A1 permitem a condução de motociclos com potência máxima de 125 cc.

A obtenção legal destes títulos pressupõe a inscrição numa escola de condução e passar nos exames teórico e prático. Mas há mais. A inscrição numa escola de condução só é válida se forem apresentados os seguintes documentos:

  • Fotocópia do BI ou CC;
  • Apresentação do NIF (número de contribuinte);
  • Atestado Médico emitido por um profissional da área da saúde que exerça a profissão.

Os menores de 18 anos devem, ainda, apresentar a certidão de nascimento e a autorização por escrito de quem exerce o poder paternal (acompanhada do BI ou CC e respetiva fotocópia).

Se for titular da categoria A1 e quiser avançar para o título B, a lei permite que o exame teórico seja dispensado (sendo apenas necessária a aprovação do exame prático).

carta de mota

Carta de moto 125 cc: recomendações

Em Portugal, todos os condutores de motociclos com cilindrada até 125 cc devem usar capacete em todas as vias. Quanto ao colete refletor, a sua utilização não é obrigatória.

O artigo 88.º do Código da Estrada diz o seguinte: “todos os veículos a motor em circulação, salvo os dotados de apenas de duas ou três rodas, os motocultivadores e os quadriciclos sem caixa, devem estar equipados com um sinal de pré-sinalização de perigo e um colete, ambos retroreflectores e de modelo oficialmente aprovado”.

As motos 125 cc podem circular nas autoestradas?

A lei é clara: as chamadas motos 125 podem circular livremente em autoestradas, desde que respeitem os limites de velocidade (assim como os restantes veículos).

Com todas as dúvidas esclarecidas, só nos resta desejar-lhe boas viagens!

Veja também: