7 coisas que não deve fazer ao usar o liquidificador

Quais são os principais erros ao usar o liquidificador? São sete e podem ser bastante prejudiciais para o aparelho.

7 coisas que não deve fazer ao usar o liquidificador
Não corra riscos desnecessários

Erros ao usar o liquidificador? Isso existe? É verdade, um aparelho tão básico e de uso quase diário nas nossas cozinhas mas que também têm algumas regras que importa cumprir. Caso contrário arrisca-se a ter que, rapidamente, substituir o aparelho ou, pior, pode magoar-se. Saiba como evitar estes sete erros básicos.
 

7 erros mais comuns ao usar o liquidificador


Considerar líquidos e sólidos como iguais

Ao usar o liquidificador deve, sempre, colocar primeiro no jarro os líquidos e só depois os restantes ingredientes. O vórtice criado pelos líquidos vai sugar os ingredientes sólidos, assegurando que são triturados de igual forma.

 

Usar líquidos quentes

Os jarros de plástico não foram feitos para suportar altas temperaturas, especialmente, se superiores a 80 graus. Ao triturar algo quente, certifique-se que não ultrapassa a temperatura indicada e deixe a tampa aberta para evitar a acumulação de vapor, salpicos ou danificar o jarro.

 

Sobrecarregar o aparelho

Como com qualquer aparelho, ao usar o liquidificador, é importante não exceder a sua capacidade. Seja no que diz respeito à quantidade de ingredientes (para evitar acidentes), seja quanto à potência. Se a potência do liquidificador for muito baixa e o aparelho estiver em permanente sobrecarga (muitos ingredientes numa velocidade muito alta), o motor pode queimar.
 


Amolar as lâminas

Não, não, não. Não é boa ideia amolar as lâminas do liquificiador porque pode comprometer para sempre o seu funcionamento. Se sentir que as lâminas já não têm o mesmo desempenho, triture uma pequena quantidade de gelo com a ajuda da função pulse.

 

Não usar a função pulse

Se a ideia é triturar ou dar uma ajuda extra a liquidificar um alimento, em vez de colocar o aparelho na função máxima, comece por dar uns toques no pulse e depois pode avançar para uma velocidade mais constante. Vai ver que, no final, fica com uma textura mais cremosa. A função pulse também é útil para soltar qualquer alimento que tenha ficado preso, em vez de usar uma colher.
 


Não mexer amiúde 

Dependendo da mistura que está a triturar, para conseguir melhores resultados, é boa ideia parar o processo para mexer os ingredientes que fiquem colados às paredes do jarro. Isto pode acontecer quando está a usar o liquidificador para bater bolos ou massas de pão, por exemplo.

 

Pouco cuidado ao limpar

Para limpar o liquidificador, o melhor será encher o jarro até metade com água, umas gotas de detergente e triturar durante alguns segundos com a ajuda do pulse, para soltar ingredientes que possam estar presos na lâmina, depois numa velocidade mais constante e passe por água abundante. Evite usar o lado áspero da esponja porque, ao riscar o jarro, além de o deixar com um aspecto feio, pode acumular sujidade e bactérias.

Veja também: