7 coisas que nunca deve dizer numa entrevista de emprego

Se tem uma entrevista e já se informou sobre a empresa e praticou algumas perguntas, só lhe resta saber aquilo que não pode mesmo dizer durante a entrevista.

7 coisas que nunca deve dizer numa entrevista de emprego
As expressões que podem arruinar a sua entrevista

As 7 expressões que podem arruinar a sua entrevista

“Desculpe o atraso, é que…”

Parabéns! Acabou de garantir um dos últimos lugares na lista de candidatos. Nas entrevistas de emprego, é avaliado o seu comportamento numa série de fatores que são importantes no contexto laboral. A pontualidade é um deles!

Se tiver um imprevisto e perceber que vai chegar atrasado, o mínimo que pode fazer é telefonar para a empresa, explicar o que sucedeu e perguntar se ainda o podem receber.

“Adoro os seus óculos!”

Não se esqueça de que se trata de uma entrevista com um potencial empregador e não com alguém que conheceu num site de encontros amorosos. Qualquer comentário em relação ao aspeto físico vai tornar a situação desconfortável – evite!

“Tenho uma viagem de férias planeada para breve!”

Sabia que esperar é uma virtude? Seja paciente. Ainda não tem um contrato e já está a falar de férias? Apenas deve mencioná-las depois de ter o seu emprego assegurado!

“O meu antigo chefe era um incompetente”

A seguir a isto também pode dizer que chumbou a matemática na escola por causa do professor! Isto até pode ser verdade, mas:
1. Ninguém quer saber dos seus problemas.
2. Ninguém quer contratar uma pessoa “queixinhas”.

Até porque ninguém garante ao seu mais recente entrevistador que não vai dizer mal dele na sua próxima entrevista…

“Qual vai ser o meu ordenado?”

E que tal começar por falar sobre a sua experiência e o que vai trazer de positivo à empresa? Lembre-se que antes de receber o ordenado tem de conseguir destacar-se dos outros candidatos.

“Desculpe, preciso só de atender esta chamada”

A menos que seja um caso de vida ou morte, NUNCA interrompa uma entrevista para falar ao telemóvel. Pode parecer uma simples questão de senso comum, mas muitos candidatos continuam a fazê-lo!

Mesmo que o entrevistador atenda o telemóvel dele, não atenda o seu. Aliás, para seu próprio conforto e para conseguir concentrar-se a 100%, desligue-o antes de entrar na entrevista.

“Preciso desesperadamente deste emprego”

Nunca, jamais, atue como se estivesse em desespero. Não vai ser por implorar que lhe vão dar o lugar, pelo contrário esse tipo de pressão normalmente tem o efeito contrário, porque qualquer empregador com sentido ético quererá fugir de uma situação em que lhe pedem um favor…

Apele ao que de bom tem o seu currículo e faça valer as suas competências!

Veja também: