Publicidade:

Como agir em situações de perigo quando está a conduzir

Conduzir não depende só de nós, mas também de vários fatores externos. Aprenda a lidar com algumas das situações de perigo mais comuns nas estradas.

Como agir em situações de perigo quando está a conduzir
Saiba como lidar com situações de perigo

Ter uma condução defensiva é o primeiro passo para se conduzir na estrada de forma segura e responsável. Contudo, existem situações de perigo que escapam ao controlo até do melhor dos condutores.

O tempo (seja sol ou chuva), o súbito aparecimento de animais (ou até de pessoas) na estrada, são exemplo de situações que não são controladas por quem está ao volante, e podem provocar acidentes.

Como lidar com situações de perigo quando está a conduzir


Condutor em contramão

O primeiro passo é afastar-se desse veículo tanto quanto possível. Depois, tente usar sinais de luzes e sinais sonoros para avisar o condutor desse carro, de modo a tentar chamar a sua atenção. Mas só o faça se for seguro.

Não fique muito tempo a olhar para a viatura que vem em contramão porque, desse modo, acaba por também se distrair da sua própria condução. Se for preciso, mude a sua rota e saia dessa estrada.

condutor

Condutor com problemas de visão ou alcoolizado

Algumas vezes, pessoas com problemas de visão nem sempre sabem que estão a ver mal, ou que estão a causar constrangimentos no trânsito por causa disso.

Se se aperceber que um condutor próximo de si está com problemas de visão (porque está alcoolizado, encandeado ou por outro motivo), dê-lhe espaço e tente não o seguir. Fique atento, mas não se fixe no veículo. Se possível, avise as autoridades.

Animais na estrada

Dependendo da zona onde está a conduzir, pode ter mais ou menos probabilidades de se cruzar com um animal na estrada. Se for numa zona florestal, geralmente há sinalização. Mas até nos centros urbanos é fácil apanhar um cão ou um gato na estrada.

Se se cruzar com um animal na estrada, tente manter-se calmo e parar com segurança, travando com o motor. Evite usar sinais sonoros, pois isso pode assustar o animal e fazer com que este fique paralisado ou até que se dirija ao seu carro.

Luz do sol

Se ficar repentinamente encandeado pela luz solar, não trave a fundo e tente ter uma condução previsível para os outros condutores, seguindo o seu caminho. Faça-se sempre acompanhar por óculos de sol e use as palas do carro para tentar tapar a luz.

condutor encadeado

Carro a segui-lo

Se tiver um carro muito próximo de si a buzinar e a fazer sinais de luzes, encoste e deixe-o passar. É muito perigoso ter um carro muito perto de outro. Há condutores na estrada que acham que os outros conduzem demasiado devagar ou que gostam de provocar outros condutores. O melhor é sair da sua proximidade com segurança, deixando-os passar.

Evitar carjacking

Sempre que estiver a entrar no carro, especialmente à noite, previna-se contra o carjacking. Se o carro não fechar as portas automaticamente, feche-as mal se sente no carro, em vez de perder tempo a mudar as coisas de sítio nos bancos, por exemplo. Se suspeitar que há um carjacker nas proximidades, saia do local rapidamente.

Veja também:

Ana Duarte Ana Duarte

Jornalista e gestora de comunicação no projeto Patient Innovation, Ana Duarte é mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. A sua paixão pela escrita começou cedo, quando aprendeu a escrever e começou a criar os seus próprios jornais. Interessa-se por tecnologia, desporto, cinema e literatura.

Também lhe pode interessar: