Como escolher um smartphone

Saiba o que avaliar na hora de escolher um smartphone. Uma dica: identifique primeiro as suas necessidades e que uso lhe vai dar.

Como escolher um smartphone
Não gaste mais dinheiro do que o necessário

Sabe como escolher um smartphone? Faça lá a pergunta da praxe, vá… “Qual deles é que corresponde às minhas necessidades?”. Usa o smartphone só para fazer chamadas? Nem vale a pena pensar em comprar um topo de gama. Para além de fazer chamadas ainda gosta de ouvir música? Vamos lá ter em atenção o espaço que o smartphone tem para poder armazenar ficheiros.
Está a perceber como se faz? Então vamos lá tentar perceber as características mais importantes na hora de escolher e comprar um smartphone.


8 aspetos a considerar ao escolher um smartphone


1. Sistema Operativo

Neste momento, existem dois grandes sistemas operativos móveis no mercado dos smartphones. O mais utilizado, o sistema Android, adapta-se facilmente a diversos tipos de smartphones e permite uma grande personalização da parte de cada utilizador. O iOS, da Apple, tem uma fiabilidade enorme e raramente falha. O Android permite muito mais liberdade ao utilizador mas o iOS tem, nas aplicações disponibilizadas na “loja”, um grande trunfo.

Embora ainda sem grande expressão, também é nosso dever considerar o Windows Phone, sistema operativo desenvolvido pela Microsoft. Apesar de ainda ser muito limitado em relação a aplicações, tem também uma grande fiabilidade e alguma capacidade multiplataformas, isto é, pode alterar um contacto no Windows que possui no computador e ver essa alteração “acontecer” no seu smartphone. Vamos esperar pelo Windows 10 para ver até que ponto a tão anunciada capacidade multiplataformas vai crescer.


2. O processador

O processador é o cérebro de todo o smartphone. É ele que vai dar as instruções a tudo o resto, é ele que vai processar as ordens que você lhe der. Também o tem no seu computador, sabia? É fácil de perceber. Um bom processador é garantia de um bom processamento, isto é, vai permitir com que abra apps mais rapidamente, jogar sem ver os seus jogos a encravar… Mas voltamos à pergunta do início. Precisa mesmo de ter um grande processador quando só utiliza o smartphone para fazer chamadas ou enviar e receber mensagens?


3. A RAM

O processador não faz tudo sozinho. A memória ram também interfere diretamente no desempenho do seu smartphone. Se quer abrir apps que estejam armazenadas em memória rapidamente ou trocar em várias apps abertas… escolha entre 2GB a 3GB de ram. Se não precisar de tanto, se usa o seu smartphone para coisas básicas, basta 1GB a 1.5GB de RAM.


4. A capacidade de armazenamento

“Storage” em inglês para quando estiver a ler as especificações de cada smartphone. Pretende guardar muitos ficheiros? Os filmes ocupam muito espaço. A música também. Outros ficheiros também podem exigir bastante espaço do seu smartphone. E as apps? As apps também ocupam espaço! Atualmente, os smartphones já possuem uma capacidade de armazenamento considerável. Mas se achar que 16GB ou 32GB é pouco nada como ver se é possível aumentar a capacidade de armazenamento através de um cartão microSD.


5. O tamanho

O termo Phablet não surgiu por acaso. É uma mistura entre a palavra smartphone e a palavra tablet e surgiu quando os smartphones começaram a atingir tamanhos anormais. O tamanho também importa muito. Um ecrã maior poderá ser bom para pequenas apresentações, ver filmes ou fotografias… Tal como um tablet, não é? Mas lembre-se também que um ecrã grande é sinal de smartphone grande logo… não vai ser assim tão fácil de manusear como outro mais pequeno. Para além do manuseamento, o tamanho também interfere no peso e na maneira como o smartphone vai caber no seu bolso.


6. A câmara

Nem sempre a que tem mais megapixéis é a melhor! Apetece guardar e partilhar os melhores momentos através de uma ou várias fotografias? Então é melhor escolher uma câmara com boa qualidade. Atualmente é difícil escolher uma câmara que não seja já bastante razoável. Mas se pretende algo mais, informe-se antes! O iPhone 5s, por exemplo, tem uma câmara de 8 megapixéis mas um sensor que permite atingir uma melhor qualidade fotográfica do que outras câmaras.


7. A bateria

Vai utilizar muito o seu smartphone? E vai utilizar para quê? Não escolha uma bateria muito fraca se vai utilizar bastante o seu smartphone e se vai exigir bastante do mesmo. Atualmente, algo próximo dos 3000 mAh é do melhor que pode arranjar. Mas demasiado, e caro, para quem não utiliza o smartphone com tanta frequência.


FIQUE ATENTO:
Se quer receber mais notícias gratuitas como esta, basta registar-se no E-Konomista. Toda a informação sobre tecnologia actualizada ao minuto.

8. O preço

Na hora de escolher um smartphone o preço vai sempre interessar. Depois de perceber todos os atributos explicados acima, nada como comparar os vários smartphones. Este vai ser melhor na câmara, o outro melhor no processador, o outro vai ter mais capacidade de armazenamento… Meça os prós e contras, defina um preço máximo para gastar e escolha o seu smartphone!


Veja também: