Publicidade:

8 dicas para saber como guardar a roupa de inverno sem stress

Como guardar a roupa de inverno sem fazer disso quase uma luta mais complexa do que as batalhas napoleónicas? Saiba as respostas todas aqui.

8 dicas para saber como guardar a roupa de inverno sem stress
Cada coisa no seu lugar

Saber como guardar a roupa de inverno é muito importante, não só porque a sua casa agradece em termos de arrumação, como a roupa – que, quando bem acondiciona, mantém-se impecável para voltar a usá-la na próxima estação fria.

Se esteve a adiar a tarefa, pode colocar mãos à obra, pois com as nossas dicas esta não vai ser uma empreitada tão difícil quanto imagina.

Como guardar a roupa de inverno (e ainda poupar espaço)


Chegadas as estações mais quentes, só queremos ver fora da nossa vista casacos, casacões e malhas grossas. Até porque temos de arranjar espaço para as blusinhas e camisas de verão. Saiba, então, como guardar a roupa de inverno, de forma a mantê-la impecável e sem estorvar o seu dia a dia.

com guardar roupa de inverno

Tipos de armazenamento aconselháveis

Não existe uma única regra para saber como guardar a roupa de inverno, mas há alguns requisitos mínimos a cumprir. Se vai optar por caixas de arrumação, lembre-se que devem ser resistentes, compactos e que não devem deixar entrar ar. Uma possibilidade são as famosas caixas transparentes – mas, atenção: confirme que ficam mesmo bem fechadas.

No entanto, se quer uma excelente dica para ter a roupa de inverno bem arrumada, sem ocupar espaços desnecessários e pronta a usar quando for chamada, aconselhamos os sacos de vácuo: além de serem muito eficientes a manter a roupa impecável, vão poupar imenso espaço nas prateleiras.

Lavar antes de guardar

Outra das boas práticas a cumprir quando falamos em como guardar a roupa de inverno tem a ver com o estado em que as guarda. Não vai querer armazenar uma camisola com manchas ou resíduos, certo? Lave toda a roupa antes de guardar, mas tenha em atenção o tipo de tecido em questão e a respetiva forma ideal de lavar / limpar.

Muito cuidado com as roupas húmidas

Depois de lavar a roupa, não se esqueça de deixar secar muito muito bem. Guardar roupa húmida vai ser, literalmente, a morte do artista – ou neste caso, da camisola em questão e de todas as peças à sua volta. Água acumulada e parada durante tanto tempo vai ser igual a uma quantidade de bolor e mofo tão grande, que a única hipótese será mesmo deitar fora as peças. E não queremos isso, pois não?

Deixar um cheirinho extra

Para que, na hora de voltar a guardar as roupas de inverno, não venha aquele cheiro típico de roupa guardada há algum tempo, invista nuns saquinhos de cheiro próprios para tecidos. Há alguns até com propriedades anti bolor e anti traças! As suas roupas vão sair das caixas ou sacos como novas.

Ver como fazer sachê perfumado para aromatizar a roupa >>

Roupas brancas? Cuidado extra

Tenha muita atenção às suas roupas brancas. Sabia que não as deve passar a ferro antes de guardar numa caixa onde vão ficar algum tempo? O efeito do ferro acaba por fazer com que fiquem amareladas. O mesmo acontece se estiverem em contacto com luz direta, por isso evite esta exposição.

Triagem de roupa de inverno

Já que está a arrumar a roupa de inverno, aproveite para seriar o que vai e o que fica. Certamente tem peças que não usa há mais de três anos, mas que vai sempre guardando na esperança de ‘usar um dia’. Esqueça: livre-se da tralha e consiga, com isso, mais espaço livre!

Calçado: guardar ou não?

Esta é outra das grandes questões no âmbito do tema ‘como guardar a roupa de inverno’. Deve guardar ou não o calçado de inverno? Pelo menos as botas mais quentes e de chuva diríamos que sim. Mas, limpe bem todos os pares antes de os fazer e o ideal é que os guarde na caixa original, juntamente com um sabonetinho de cheiro e um anti humidades e mofo.

Ver mais sobre como organizar sapatos >>

Saiba onde arrumar as caixas com roupa de inverno

Finalmente, terminamos com uma grande questão: onde arrumar as caixas com a roupa de inverno? O ideal é que guarde num local não demasiadamente difícil de aceder, mas que também não fique a impedir as atividades do dia a dia. Nada de colocar debaixo da cama ou num sótão desprotegido. Procure uma divisória da casa que tenha algum armário mais livre e que não seja nem demasiado quente nem fria.

Veja também:

Limpeza e Arrumação