Como reduzir as despesas de casa?

As medidas de austeridade trouxeram subida de impostos, que afectam serviços básicos como a luz, gás, portanto, agora mais do que nunca é importante saber como reduzir as despesas nas contas lá de casa. Em alguns casos são até conselhos ecológicos. Veja as nossas dicas e aprenda a poupar a carteira e o ambiente!

  • Lisboa
  • 2010-12-27 00:00:00
  • categoryPoupança

Porque não um regulador de intensidade da luz? Pode assim reduzir o consumo de electricidade, ou então em alternativa pode ter vários pontos de luz e utilizar apenas o que precisar em determinada altura. Por exemplo, se estiver a ler pode ter só um candeeiro perto de si, evitando assim acender a luz de tecto.

Quanto à luz, um grande conselho é colocar por toda a casa lâmpadas economizadoras ou de baixo consumo. São de facto mais caras, mas assim mesmo são um investimento que vale a pena.

Tire partido do sol. Evite a máquina de secar e tente secar tudo ao natural. Desta forma, também estará a reduzir os gases de efeito estufa. Também se deve aproveitar do sol na altura de pintar a casa. As cores mais claras aproveitam melhor a iluminação natural.

A calafetagem (isolamento) de janelas e portas é fundamental, pois no Inverno vai manter o frio lá fora, obrigando a um menor consumo de gás ou electricidade dos aquecedores e no Verão, também não deixa entrar o calor o que permite poupar nos sistemas de refrigeração, ar condicionado e ventoinhas.

Contrate a tarifa bi-horária e aproveite o horário económico, que por norma é no período nocturno, para utilizar os electrodomésticos, principalmente máquinas de roupa e louça.

No que toca a cozinhar, aconselha-se uma panela de pressão pois cozinha mais rapidamente; não encha demasiado as panelas com água, pois vai levar mais tempo a ferver, consumindo mais; finalmente, tape sempre as panelas com os testos, pois assim o calor não se evapora e diminui o tempo de cozedura.

Eleja o microondas em detrimento do forno tradicional, que consome muito mais energia. No entanto, se cozinhar no forno, evite abrir a porta do forno pois estará a perder calor, assim como a gastar energia para voltar a aquecer.

Se puder tenha o frigorifico ou arca congeladora longe do fogão, janelas e portas para não o obrigar a trabalhar demais, assim como não deve colocar alimentos ainda quentes no frigorífico, pois este irá despender energia extra para arrefecer de forma eficaz.

Há muitas outras dicas que poderíamos deixar, mas tendo em conta que com o aumento do IVA na conta da luz para 23% vamos todos sofrer um aumento na conta da luz e do gás, decidimos deixar conselhos mais direccionados para poupar na luz e no gás.


Já agora, não deixe aparelhos em stand-by, nem carregadores, pois também consomem; evite o banho de imersão, nem deixar a água a correr enquanto está a tomar banho, ou a lavar os dentes.
 

 

Deixe o seu comentário

A sua opinião é importante: partilhe o seu comentário.

A sua opinião é importante: partilhe o seu comentário.

Enviar comentário