11 modelos de motas até 35 Kw e toda a legislação

Para conduzir motas até 35 Kw precisa de carta de categoria A2, que vem possibilitar a condução de motas de cilindrada intermédia. Curioso?

11 modelos de motas até 35 Kw e toda a legislação
Enquadramento legal, marcas e modelos

As motas até 35 Kw disponíveis no mercado têm cilindradas consideráveis (entre 300 e 600 cc, por exemplo), e designs muito próximos das motas naked, touring ou supersport, normalmente com cilindradas superiores – tipos de motas sobre os quais já tivemos oportunidade de analisar.

Motas até 35 Kw: o que diz a lei

O Decreto-Lei nº138/2012, de 2012 introduziu alterações ao Código de Estrada, aprovando de igual modo o novo Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir.

A este respeito, gostará de saber que a partir de 2 de Janeiro de 2013 foram introduzidas novas categorias como a AM, que substitui a licença de condução de ciclomotores, e a A2, que possibilita a condução de motociclos com potência máxima não superior a 35Kw e uma relação peso/potência inferior a 0,2 kw/kg, sem limite de cilindrada.

Para obter a categoria A2, o candidato deverá ter idade mínima de 18 anos, residir em território nacional e possuir aptidão física e psicológica.

A frequência das aulas teóricas fica dependente do candidato já possuir alguma habilitação de condução (categorias A1 ou B, por exemplo). As aulas e exame prático serão sempre obrigatórias e incluem exigências específicas, tais como manobras especiais, comportamento no tráfego, controlo técnico do veículo e ajuste do equipamento de segurança. O titular da categoria A2 fica também habilitado a conduzir veículos das categorias A1 e AM.

Esta categoria intermédia vem possibilitar a aquisição e condução de motas de cilindrada intermédia sem a obrigatoriedade da obtenção da categoria A (referente a todos os motociclos sem restrição quanto à relação peso/potência), a qual obriga a uma idade mínima de 24 anos.

Em termos práticos, também permite a aprendizagem de condução de mota mais leve e versátil, sem prejuízo de uma cilindrada razoável, e realização do exame prático numa mota mais ajustada às características físicas de cada condutor.

Motas até 35 Kw: marcas e modelos

As motas até 35 Kw que aqui selecionamos excluem as scooters e motas de 125 cc de cilindrada.

A Yamaha, por exemplo, disponibiliza vários modelos elegíveis, para diversos tipos de utilização e com diferentes cilindradas, possuindo mesmo versões com potência limitada especificamente para responder à categoria A2.

1. YZF-R3 (321cc)

motas-ate-35kw

Uma supersport de design aerodinâmico e agressivo, adequada a qualquer tipo de condutor, principiante ou na transição de uma 125. À venda por €5.595.

2. MT-07 (689cc)

motas-ate-35kw

Uma mota naked extremamente ágil e fácil de manobrar graças ao seu quadro compacto e peso reduzido. O seu preço está fixado em €6.950.

3. MT-03 (321cc)

motas-ate-35kw

Mais uma mota naked, sem carenagens, com uma posição mais vertical de condução. Ideal para todos os tipos de motociclistas, dos principiantes aos mais experientes. À venda por €5.320.

4. XSR700 (689cc)

motas-ate-35kw

Esta mota icónica torna-se irresistível pela aliança entre design clássico e tecnologia de ponta. A capacidade de aceleração desta mota é, também, sem dúvida uma das suas maiores valias. Custa €7.895 (preço base).

5. SR400 (399cc)

motas-ate-35kw

Uma mota de design intemporal, com mais de 30 anos de existência. Uma ótima opção para quem pretende manter-se ligado à tradição. Custa €5.995.

6. Tracer 700 (689cc)

motas-ate-35kw

Trata-se de uma mota de turismo desportiva, adaptada tanto a trajetos citadinos como a viagens. Custa €8,395.

7. CBR300R (286cc)

motas-ate-35kw

A supersport da Honda nesta gama A2, herdeira da lendária CBR1000RR. Custa €5.025.

8. CB500F (474cc)

motas-ate-35kw

Uma streetfighter ágil e divertida, que lhe proporcionará fiabilidade tanto na cidade como em viagem. Custa €5.950.

9. CMX500 (471cc)

motas-ate-35kw

A mota “custom” proposta pela Honda, com um design que alia tecnologia de ponta e tradição. Custa €6.000.

10. CB500X (471cc)

motas-ate-35kw

Outra mota com estilo ‘street’ proposta pela Honda. Custa €6490.

11. CBR500R (474cc)

motas-ate-35kw

Uma mota supersport potente e com design agressivo, pensada para uma condução desportiva. Custa €6.500.

Aos valores apresentados (P.V.P.)  acrescem os custos referentes ao ecovalor, despesas de legalização e transporte, ISV e IUC.

Depois de obter a habilitação para a categoria A2, poderá progredir para a categoria A, sendo necessário para isso, naturalmente, realizar o exame prático numa mota mais potente.

Veja também:

Continuar a Ler