AUMENTe AS sUAS PROBABILIDADES DE ARRANJAR EMPREGO!

6 conselhos para responder a perguntas sobre salário

Tem uma entrevista de emprego e não sabe como há-de reagir quando a conversa chegar às perguntas sobre salário. Fique com estes 6 conselhos.

6 conselhos para responder a perguntas sobre salário
Saiba o que responder na entrevista de emprego

Fez tudo certo. Preparou bem o currículo e escreveu uma excelente carta de apresentação. Foi escolhido para uma entrevista de emprego. Tudo está a correr bem até que chegam à parte das perguntas sobre salário e o recrutador lhe pergunta “Quanto é que espera receber?”. E fica sem saber qual a melhor forma de responder…

Discutir o valor do salário faz parte de todas as entrevistas de emprego e acaba por ser um dos momentos mais temidos. Pode tornar-se algo desconfortável já que uma resposta em falso pode ser suficiente para perder uma boa oportunidade.

Se fica sempre na dúvida sobre qual será a melhor forma de abordar estas questões, porque tem medo de dizer um valor demasiado baixo e ficar a receber um salário baixo ou pedir um valor demasiado alto e não ser o escolhido, deixamos alguns conselhos.


Perguntas sobre salário: como responder?


1- Prepare-se

Tudo começa ainda antes do momento da entrevista. Quando se está a candidatar a uma determinada função deve preparar-se e tentar conhecer o mercado. Isso passa por informar-se sobre o nível de salários praticados na sua profissão. Deve estabelecer qual o mínimo que estaria disposto a aceitar. Não se esqueça de introduzir nessa equação outros benefícios, como bónus e prémios de produtividade, seguros de saúde ou férias.



2 - Tenha em conta a sua experiência

Ao formar a sua ideia sobre qual seria o valor justo pelo seu trabalho não se esqueça de levar em conta a sua experiência profissional. Se está agora a entrar no mercado de trabalho, provavelmente terá menos argumentos para negociar. Por outro lado, se tem 10 anos de experiência numa função semelhante deve procurar valorizar-se.



3 - Tente adiar as perguntas sobre salário para o fim da entrevista

Sempre que possível deve evitar responder directamente a este tipo de questões. Além disso, deve procurar fazer do salário uma questão secundária a discutir. Antes de mais nada, é preciso que o empregador consiga conhecê-lo melhor e que lhe possa falar pontos essenciais do seu currículo ou de que forma poderia contribuir para o crescimento da empresa. Tente, acima de tudo, que a discussão da questão salarial seja deixada para o final da entrevista. O ideal é que o recrutador sinta que é o candidato perfeito antes de chegar à parte de definir o salário.



4 - “Quanto espera receber?”

Se mesmo assim o recrutador avançar para a pergunta “Quanto espera receber?” e não conseguir fugir ao tema, não fale em valores concretos sem salientar a sua experiência e as suas pretensões em termos profissionais e expectativas de carreira. Depois não dê um valor muito concreto e definitivo. Diga algo como “procuro algo à volta de x euros”, mostrando que está familiarizado com a média para a sua categoria profissional.



5 - Fale em intervalos salariais

Mais uma vez, para evitar números concretos, apresente intervalos salariais, mínimos e máximos, que vão de encontro àquilo que pretende. Pode dizer algo do género: “De acordo com as minhas pesquisas para estes cargos o salário costuma ser habitualmente entre x e y”, aproveitando para perguntar “É este o intervalo salarial que têm para esta posição?”. Ou, por outro lado, pode realçar as suas qualidades, dizendo “Segundo o que discutimos e tendo em conta o meu conhecimento e experiência esperaria receber um salário entre x e y”.



6 - Esteja aberto à negociação

Não feche portas! A possibilidade de negociação deve ser sempre mantida em aberto. E deve analisar todos os prós e contras antes de recusar uma oferta, mesmo que não vá de encontro às suas pretensões iniciais. Avalie se a empresa lhe pode dar outros benefícios que até possam compensar um valor de ordenado mais baixo.
Faça mais pelo seu Curriculum e concorra ao emprego dos seus sonhos >>
Veja também: