Tempos livres mais baratos

Não tem dinheiro para gastar em actividades de lazer e de diversão? Em tempos de crise deve relegar os bens supérfluos para segundo plano, de forma a superar uma situação financeira deficitária...

Tempos livres mais baratos

Viajar, assistir a concertos, ir ao cinema e ao teatro, comprar livros, revistas, filmes e video-jogos, jantar num bom restaurante, ir a um bar com os amigos, frequentar cursos, etc. são pequenos prazeres que quase sempre implicam alguns custos, por vezes significativos. No entanto, há imensas formas de se divertir gastando pouco dinheiro, ou mesmo sem gastar um tostão, que devem ser aproveitadas, principalmente, por quem atravessa uma crise nas finanças pessoais.

 

Cultura, lazer e informação acessível

Esteja atento à programação cultural da cidade onde vive. A maior parte das actividades promovidas pelos núcleos culturais dos municípios são gratuitas ou pressupõem o pagamento de um valor irrisório. Com certeza encontrará concertos, peças de teatro, sessões de cinema ao ar livre, exposições, etc. com entrada gratuita.

Se tem uma paixão pelo cinema, opte por sessões em dias promocionais. Em quase todas as salas de cinema há dias ou horários específicos com sessões de filmes cujos bilhetes são mais baratos. Se é estudante não se esqueça de utilizar o seu cartão de estudante para obter descontos. Além das salas de cinema habituais existem ainda associações culturais, ou outras instituições que passam filmes alternativos gratuitamente ou a preços muito mais acessíveis. Quem gosta de cinema em casa, em alternativa aos clubes de vídeo, cujos preços de aluguer são mais altos, vá à biblioteca da sua zona. Claro que não vai encontrar novidades, mas há sempre bons filmes, muitas vezes até mais difíceis de arranjar nos clubes de vídeo mainstream.

Não ter dinheiro não é desculpa para não ler. Se não lhe convém comprar livros frequente as bibliotecas públicas. É para isso que servem os nossos impostos. Poderá ainda trocar livros, ou mesmo filmes com os seus amigos, ou ainda através de uma comunidade online. Tem internet em casa? Se sim, cancele as assinaturas de revistas e outras publicações que não costuma ler . Mesmo as notícias e outros assuntos da actualidade poderá consulta-los online em vez gastar dinheiro em revistas e jornais. Através da internet, poderá ainda participar em concursos para ganhar bilhetes para vários espectáculos, é só uma questão de estar atento e ter um pouco de sorte.

Como vê, há imensa coisa que pode fazer sem gastar dinheiro, evitando pôr em risco as suas finanças pessoais em gastos considerados desnecessários para quem se encontra numa situação económica desfavorável.