Como trocar de carro com crédito

O que fazer para trocar de carro com crédito por pagar do atual veículo. Saiba quais as opções disponíveis para quem quer trocar de carro com crédito. 

Como trocar de carro com crédito
O que fazer.

A maioria dos orçamentos dos portugueses não permite a compra de carro sem que se recorra ao crédito automóvel. Habitualmente esta decisão implica, solicitada pela entidade financeira, a reserva de propriedade em seu nome. Assim, se pretender trocar de carro durante o período de vigência do empréstimo, ou seja, se quiser trocar de carro com crédito por pagar do atual terá de liquidar o valor em dívida. Assim, importa analisar bem as soluções disponíveis para não ter surpresas desagradáveis.


O que fazer antes de trocar de carro

Antes de iniciar a operação de troca do carro deve efetuar dois passos importantes:

1. Saiba quanto falta pagar, no total, até ao final do crédito. Contacte a entidade financeira para saber o valor exato em dívida. Pergunte também quanto ficaria se efetuasse a liquidação total e o valor das eventuais penalizações pela amortização;
2. Pesquise cuidadosamente o valor de mercado atual do seu carro. Saiba quanto lhe dão em stands físicos ou virtuais. Consulte informação especializada.

As informações obtidas serão valiosas para trocar de carro com crédito.


Como trocar de carro com crédito

Genericamente, em princípio, dispõe das seguintes opções:
  • Se já tiver em vista um novo carro de um stand, tente chegar a acordo com eles para que liquidem o que falta pagar do seu carro atual, trocando-o pelo outro. O stand ou concessionário tratará da burocracia associada, isto se aceitarem a solução. É aquilo a que vulgarmente se denomina como “dar à troca”. No entanto, apesar de parecer uma solução cómoda nem sempre é a mais vantajosa financeiramente, até porque o stand tenderá a desvalorizar o carro que pretende “dar à troca”;

  • Se optar por adquirir o novo carro também a crédito pode tentar, junto da financeira, agrupar o que resta pagar do empréstimo do atual carro ao crédito do novo;


  • FIQUE ATENTO:
    Se procura uma solução que lhe simplifique as contas, não deixe de consultar especialistas em crédito consolidado. Ao juntar os seus créditos, fica com apenas uma mensalidade e paga sempre ao mesmo dia do mês. Registe-se gratuitamente no E-Konomista e esteja sempre a par das melhores soluções financeiras.

  • Verifique se é possível saldar a dívida do seu atual carro, vendendo-o separadamente para depois adquirir o novo. Esta é muitas vezes a opção financeiramente mais vantajosa;

  • Pode ainda avaliar a hipótese de transferir o seu atual crédito para o nome de outra pessoa, o que implica uma análise, por parte da entidade financeira, aos dados do novo proprietário para aferir se o mesmo tem condições para suportar o encargo. No entanto, a operação de transferência do crédito tem custos associados (variam consoante a financeira) e pode não ser aprovada. Nesse caso fica sem o dinheiro e continuará a pagar o crédito.


Veja também: